Greve de caminhoneiros continua na BR-116, em Jequié, Conquista, Milagres, Itatim, diz PRF

/ Trânsito

Caminhoneiros continuam na BR-116. Foto: Blog Marcos Frahm

A paralisação dos caminhoneiros continua na noite deste sábado (26), mesmo após governo e representantes da categoria anunciarem na mídia nacional proposta para suspender a greve por 15 dias. Governo autorizou uso das Forças Armadas para liberar rodovias, mas na Bahia, as estradas federais permanecem com o registro de bloqueios e não há combustíveis disponíveis nas cidades. Conforme apurou o Blog Marcos Frahm, junto a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os grevistas seguem aglomerados com atos na BR-116, com restrição de passagem apenas para veículos de carga (caminhões e carretas). Os trechos com manifestações são: Jequié, Santo Estevão, Itatim, Milagres, JPoções, Manoel Vitorino e Vit. da Conquista. Tráfego fluindo normal para demais veículos.

Jaguaquara: Taxistas e mototaxistas apoiam greve e arrecadam alimentos para caminhoneiros

/ Jaguaquara

Ato rendeu doações no Centro da cidade. Foto: Blog Marcos Frahm

Em apoio a greve dos caminhoneiros, que chegou ao 6º dia neste sábado (26), taxistas e mototaxistas de Jaguaquara, que atuam na Praça Guilherme Silva, área central da cidade se mobilizaram durante todo o dia de hoje para arrecadar alimentos para os grevistas.  Os jaguaquarenses aderiram ao movimento e colaboraram efetuando doação de alimentos, que foram encaminhados no final da tarde para caminhoneiros que estão aglomerados na BR-116, na região do Entroncamento de Jaguaquara. Líderes do ato solidário comemoraram o resultado da arrecadação, considerado por eles satisfatório, durante contato com o Blog Marcos Frahm. A greve dos caminhoneiros ainda não acabou, os protestos continuam em todo o país, neste sábado, mesmo depois de o Governo Federal anunciar um suposto acordo. Eles pedem a redução dos preços dos combustíveis. 

Polícia fará comboios para escoltar os caminhões com combustível na Bahia, diz ANP

/ Bahia

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou neste sábado (26), por meio de nota, que a Polícia Militar da Bahia fará comboios para escoltar os caminhões com combustível que será distribuído em Salvador. A capital baiana passa por uma escassez de combustível devido ao protesto dos caminhoneiros. Na refinaria de Mataripe, na Bahia, a ANP acompanha os trabalhos na base da BR distribuidora. A previsão é um comboio para o aeroporto Internacional de Salvador e outro para as empresas de ônibus da capital baiana. Um terceiro comboio está sendo montado para atender aos veículos da polícia e da área da saúde. Não há detalhes sobre as entregas do combustível. A agência informou ainda que atua na fiscalização e apuração de denúncias de preços abusivos de combustíveis e gás de cozinha, em conjunto com Procon e a polícia.

Governo Federal edita decreto que permite que militares requisitem e conduzam caminhões

/ Trânsito

Governo tentar resolver situação na força. Foto: Agência O Globo

O governo editou decreto, publicado em edição extra do Diário Oficial da União neste sábado (26), que ”autoriza a requisição de veículos particulares necessários ao transporte rodoviário de cargas consideradas essenciais pelas autoridades”. O decreto autoriza o ministro da Defesa a determinar que servidores públicos habilitados, entre eles militares das Forças Armadas, requisitem e conduzam caminhões para realizar a entrega de cargas. Desde sexta-feira (25), o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sergio Etchegoyen, já havia dito que a medida estava entre as cogitadas pelo Palácio do Planalto por causa dos bloqueios feitos pelos caminhoneiros nas estradas federais. O ato foi assinado pelo presidente Michel Temer com base na Constituição, que no inciso XXV do Artigo 5º prevê que, ”no caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de propriedade particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano”. Nesta sexta-feira, o presidente Michel Temer assinou também um decreto determinando o uso das forças federais de segurança para liberar as rodovias no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que vale até o dia 4 de junho. Neste sábado, caminhões-tanques passaram a ser escoltados pela polícia, que também multou caminhoneiros. No entanto, várias rodovias continua obstruídas pelos caminhoneiros, que mesmo retirando os veículos das estradas continuam sem efetivar o transporte de cargas, agravando a crise de abastecimento após seis dias parados.

Cerca de 50% dos bloqueios foram liberados nas estradas do Brasil, diz Governo Federal

/ Trânsito

Atos de caminhoneiros chegou ao 6º dia. Foto: Platonow

O ministro extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, atualizou na noite de hoje (26) os números sobre a liberação das rodovias do país. Segundo ele, ainda há 566 pontos de bloqueio parcial de estradas, enquanto outros 524 pontos foram liberados pelas forças de segurança. ”Um número praticamente meio a meio entre aquelas que se encontram liberadas e interditadas”, disse o ministro durante entrevista à imprensa no Palácio do Planalto. “Tivemos seis casos em que o desbloqueio não se deu de foma negociada, em que tivemos que utilizar o choque da Polícia Rodoviária Federal, pórem sem vítimas”, acrescentou Jungmann. O ministro informou também que desde o início da paralisação de caminhoneiros, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu 400 autos de infração, com multas que somam R$ 2,03 milhões, correspondente a infrações de trânsito. Jungmann disse ainda que tem sido aplicadas as multas de R$ 100 mil por hora contra entidades ou empresas que estejam promovendo interdições de estradas pelo país, conforme estipulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o governo, a Polícia Federal (PF) já abriu 37 inquéritos para investigar empresários que tenham incentivado a paralisação das atividades de transporte de cargas, crime chamado de locaute. Jungmann mencionou já terem ocorrido prisões, sem dar mais detalhes.

Distribuidoras estão gradativamente retomando o abastecimento, informa a Petrobras

/ Trânsito

Petrobras busca apoio para reabastecimento. Foto: Divulgação

A Petrobras informou que todas as suas unidades estão em operação e que busca apoio das autoridades para que sejam tomadas medidas que garantam a circulação nas refinarias onde há bloqueio nas vias de acesso. ”A partir das refinarias, os combustíveis seguem para as distribuidoras, que estão gradativamente retomando o abastecimento, priorizando os serviços essenciais. O apoio recebido das forças de segurança tem se configurado essencial para o esforço necessário neste momento”, informou a empresa em resposta à Agência Estado sobre a presença do Exército e da polícia em suas unidades produtivas.

Governo determina multa de R$ 100 mil por hora parada para donos de transportadoras

/ Trânsito

O ministro Carlos Marun, da Secretaria do Governo, anunciou que o governo determinou a aplicação de multas no valor de R$ 100 mil para os donos de transportadoras e de R$10 mil para caminhoneiros por hora parada. Ainda de acordo com o pronunciamento, o governo tem convicção da prática de locaute – quando empresários incentivam greve com base em seus interesses comerciais. O ministro anunciou que os empresários suspeitos serão intimados, e que já há foram expedidos pedidos de prisão, que estão sob aguardo da Justiça, segundo informações da polícia.

A Europa é merengue outra vez: Real bate Liverpool e conquista o tri consecutivo da Liga dos Campeões

/ Esporte

Título reforça supremacia do Real na Europa. Foto: Reprodução

A Europa é merengue outra vez: o Real Madrid venceu a final da Liga dos Campeões ao derrotar o Liverpool por 3 a 1, neste sábado, 26, para conquistar o tricampeonato consecutivo da competição. Todos os gols saíram na segunda etapa, com Karim Benzema abrindo o placar para os merengues, aos cinco, e o senegalês Sadio Mané empatando, aos nove minutos. Mas dois gols do galês Gareth Bale, aos 19 e 38 minutos, sendo um deles de bicicleta, definiram a vitória do maior campeão da Champions com 13 troféus. Além de Bale, que saiu do banco para decidir a partida com dois gols, outro personagem do jogo foi o goleiro alemão Loris Karius, que falhou no primeiro e no terceiro gol dos merengues. A partida também ficou marcada pela lesão de Mohamed Salah, que deixou o jogo chorando aos 30 minutos do primeiro tempo e mudou o panorama do jogo. Dani Carvajal também se contundiu e deixou o campo em lágrimas, criando duas grandes preocupações antes da Copa do Mundo da Rússia. Já o francês Zinedine Zidane se tornou o primeiro treinador da história a conquistar o tricampeonato consecutivo da Liga dos Campeões. Zizou se une a Carlo Ancelotti (Milan e Real Madrid) e Bob Paisley (Liverpool) como os técnicos mais vencedores do torneio.

Mesmo com greve, Rui Costa inaugura unidade Farmácia da Bahia em Chorrochó neste sábado

/ Bahia

Em dia de greve, Rui visita Chorrochó. Foto: Mateus Pereira

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), inaugurou neste sábado (26), em Chorrochó, no norte baiano, uma unidade da Farmácia da Bahia, que é resultado dos esforços conjuntos da Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma) e das prefeituras. Todo o projeto envolve um investimento total de aproximadamente R$ 5,3 milhões. A construção de cada unidade requer um montante de R$ 100 mil, sendo 90 mil da Bahiafarma e R$ 10 mil de cada prefeitura. Já os equipamentos e mobiliário exigiram um investimento de R$ 40 mil – R$ 25 mil da Bahiafarma e R$ 15 mil da gestão local. ”É com muita satisfação que faço essas entregas neste sábado. Além de inaugurar a Farmácia da Bahia, ordenei um investimento de R$ 14 milhões em esgotamento sanitário, que também beneficia e impacta positivamente na saúde da população. Somando as outras ações aqui em Chorrochó, são quase R$ 40 milhões direcionados para melhorar a vida do povo. Estamos trabalhando de norte a sul, de leste a oeste, em todo canto da Bahia tem uma obra do Governo do Estado, em diversas áreas”, declarou o governador.

Salvador: Secretário pede que pessoas tentem adiar compromissos por causa da redução dos ônibus

/ Bahia

Secretário Fábio Mota sugere adiamento. Foto: Valter Pontes

O secretário de Mobilidade de Salvador, Fabio Mota, sugeriu, em entrevista ao Bahia Notícias na tarde deste sábado (26), que a população tente adiar compromissos por causa da redução de ônibus na capital baiana devido à greve dos caminhoneiros. ”As pessoas que têm compromissos adiáveis, adiem para depois da greve de combustível. O tempo de espera é muito grande nos pontos de ônibus. Então quem puder procrastinar o compromisso é melhor”, sugeriu. A frota de ônibus  está com 40% na tarde deste sábado. As informações são do Bahia Notícias

Polícia Federal pediu a prisão de empresários suspeitos de articular greve, diz Marun

/ Brasília

Ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun. Foto: Estadão

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou neste sábado (26) que a Polícia Federal já identificou e pediu a prisão de empresários suspeitos de estarem promovendo locaute (espécie de greve coordenada por patrões) no caso da paralisação de caminhoneiros que afeta o país. O movimento grevista entrou no sexto dia e ainda mantém estradas bloqueadas apesar de o governo ter autorizado o uso das Forças Armadas. Além disso, o ministro disse que a multa de R$ 100 mil por hora parada aos donos das transportadoras que não desbloquearem as vias e voltarem à atividade já começou a ser aplicada. Ontem, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou o uso da força e aplicação da multa para liberar as estradas bloqueadas.

Vamos garantir que os serviços públicos não entrem em colapso, diz Rui sobre greve

/ Bahia

Rui comenta greve dos caminhoneiros. Foto: Mateus Pereira

O governador Rui Costa se posicionou sobre a greve nacional dos caminhoneiros, por meio das redes sociais, na manhã deste sábado (26). No vídeo publicado integralmente no Facebook, Rui declarou apoio a manifestações por um Brasil melhor, mas pediu a cooperação de todos para que a oferta de serviços essenciais à população não sejam interrompidos. ”Como cidadão brasileiro, eu respeito, apoio e me solidarizo como todos os que se manifestam, legitimamente, por um país melhor. No entanto, como governador da Bahia, eu tenho que garantir que não haja um colapso dos serviços públicos. É meu dever garantir a segurança da população e outros serviços essenciais à vida”, afirmou Rui Costa. Neste sábado, o governador cumpre agenda de trabalho no município de Chorrochó, onde entregará um sistema de abastecimento de água e vai autorizar a implantação de um sistema de esgotamento sanitário, além de participar da inauguração do novo prédio do Samu e do Calçadão da Saúde.

Paralisação dos caminhoneiros é começo de uma revolução, afirma cantor sertanejo

/ Brasil

Leo Chaves, da dupla sertaneja Victor e Léo. Foto: Divulgação

Leo Chaves, da dupla sertaneja Victor e Léo, gravou um vídeo afirmando que a paralisação dos caminhoneiros é o ”começo de uma revolução no país”. Segundo o artista, é preciso enxergar o lado positivo dos bloqueios em estradas. ”Será que esse estado de calamidade, esse caos que está acontecendo, é realmente um caos? Um problema? Ou é uma solução? É uma solução que poucos tiveram a coragem de fazer? Será que isso não é o começo de uma revolução nesse país?”, questiona. Ainda de acordo com o sertanejo, os que reclamam da falta de combustíveis nos postos e de sua vida ”na zona de conforto” são os que ”não aceitam que precisam passar por uma revolução”. ”Precisa revolucionar. A revolução acontece na sociedade. Não adianta pensar que no poder público vai ter revolução, não vai acontecer.” Segundo ele, os caminhoneiros tomaram ”uma atitude de brasileiro e cidadão” porque ”viram que ninguém ia fazer”. Aos caminhoneiros, Leo afirma: ”Se vocês mudarem esse país, começou com vocês. A revolução é de vocês”.

Presidente Michel Temer e ministros se reúnem para avaliar desbloqueio de rodovias

/ Brasília

Michel Temer está reunido com ministros. Foto: Marcos Corrêa

O presidente Michel Temer e ministros do gabinete de crise, criado para monitorar a paralisação dos caminhoneiros, participam agora de manhã de uma reunião no Palácio do Planalto para avaliar a efetividade das medidas tomadas para liberar as rodovias e reabastecer o país com os produtos retidos nos caminhões. Entre essas medidas está o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), editado ontem (25) pelo presidente Michel Temer.  A reunião começou por volta das 9h20. A paralisação dos caminhoneiros chegou hoje ao sexto dia. Na última quinta-feira (24), o governo federal anunciou acordo com lideranças de algumas associações da categoria, mas várias estradas continuaram obstruídas, ainda que parcialmente. Devem participar da reunião os ministros Raul Jungmann, da Segurança Pública, Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional, o general Silva e Luna, da Defesa, e Eliseu Padilha, da Casa Civil. Após a reunião, os ministros devem divulgar, em entrevista coletiva, um balanço das ações. De acordo com o último balanço feito ontem pelo ministro Raul Jungmann, após o acordo com as lideranças dos caminhoneiros, as interdições diminuíram de 938 para cerca de 500, sendo que em nenhuma das restantes houve interrupção total do trânsito. Da Agência Brasil