Neto elogia José Carlos Araújo, presidente do PR e diz que ele não é homem de barganhas

/ Política

ACM Neto ainda não se decidiu. Foto: Alexandre Galvão/bahia.ba

O prefeito ACM Neto (DEM) garantiu não ver com maus olhos a postura do PR, que conversa com seu grupo político ao mesmo tempo em que mantém diálogo aberto com o governador Rui Costa (PT). Ao site bahia.ba nesta terça-feira (03), Neto disse que respeita o presidente do partido, deputado José Carlos Araújo, e enxerga como ”natural” as conversas com ambos os grupos políticos. ”Tenho o maior respeito ao deputado José Carlos Araújo, presidente do PR. Ele não é homem de barganhas nem muito menos de fazer jogo aqui ou acolá. O PR faz parte da base do governador Rui Costa, é natural que o PR converse com o governador. Não é porque desejamos ter o PR ao nosso lado, que vamos impedir ou censurar que eles conversem com o governo. A política é feita de conversas”, disse o prefeito. Questionado a respeito das declarações do presidente da Câmara de Feira de Santana, José Carneiro (PSDB), que mesmo sendo aliado criticou a demora de Neto em decidir sobre a candidatura a governador, o democrata preferiu não polemizar. ”Confesso que não vi essa declaração, não tenho porque comentá-la, afinal de contas o que determina a liderança de qualquer homem público é ter apoio popular, respaldo com o cidadão. Fui reeleito com 74% de intenção de votos na minha cidade, esse é o compromisso sobre o qual eu mais reflito hoje. Saberei tomar minhas decisões. Não vou gerar polêmicas a respeito disso. Todo mundo que tem boca pode falar o que quiser”.

Presidente da Câmara de Feira de Santana crítica indecisão de ACM: ”Líder tem que ser decidido”

/ Política

José Carneiro critica indecisão de ACM. Foto: Jornal Grande Bahia

A suposta indecisão de ACM Neto (DEM), o prefeito de Salvador, sobre candidatura ao governo do estado tem gerado reações contrárias em aliados. Entre os políticos que podem marchar ao lado do democrata nas eleições deste ano, o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro (PSDB), afirmou que a postura de Neto não condiz com a de um líder. ”Líder para mim não espera acontecer, faz acontecer”, declarou, em tom de indignação, o edil em entrevista ao site Acorda Cidade. Para o presidente, a estratégia de deixar o anúncio da decisão para o prazo final, em 7 de abril, prejudica os aliados. Comparado a ACM Neto, Carneiro lembra que o prefeito de Feira, José Ronaldo (DEM), já tomou a decisão de que aceitaria ser vice ou candidato a senador na chapa democrata. Caso ACM Neto já tivesse assumido publicamente se vai ou não disputar a governadoria, observa Carneiro, a essa altura seria possível estar pedindo votos para os candidatos da oposição. ”Até que dia vamos esperar? Até 7 de abril, para saber em quem vamos votar para governador da Bahia?”, questionou Carneiro. Neto disse a interlocutores que as chances de disputar governo são de 40%

Jequié: Comando da PM divulga redução de homicídios nos três primeiros meses do ano

/ Jequié

Ten Cel Gondim faz balanço da segurança. Foto: Blog Marcos Frahm

O comando do 19º Batalhão da Polícia Militar, com sede em Jequié, finalizou o mês de março com saldo positivo em relação ao número de homicídios registrados durante os três meses deste ano de 2018. O anúncio foi feito após apresentação dos dados da Coordenação de Planejamento Operacional – CPO. Em março foram contabilizados quatro homicídios, contra oito casos ocorridos no mesmo período de 2017, o que representa uma queda de 50%. Os dados revelam ainda queda de 20% em relação ao mês de fevereiro, quando foram registrados cinco homicídios. ”No total, o número de mortes no município de Jequié em 2018 mostra uma redução significativa de 20% em relação ao mesmo período de 2017, com 21 registros neste ano contra 26 do ano anterior” divulga o órgão. ”O comandante da Unidade atribui o resultado obtido a um trabalho de parceria entre as forças de segurança, das quais destacou o empenho da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização – SEAP -, Polícia Civil e Cipe Central. Ele ressaltou as novas estratégias que vem adotando, por meio de diferentes modalidades de policiamento, a exemplo das operações de inteligência no interior do Conjunto Penal, Ronda Rural, entre outras, que vêm resultando em diversas armas apreendidas e desarticulação de ações criminosas, contribuindo, assim, para o combate aos Crimes Violentos Letais e Intencionais – CVLI”, informa a Nota.

Educação: Percepção do brasileiro sobre qualidade do ensino piora, aponta CNI

/ Educação

Uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), realizada em parceria com o movimento Todos Pela Educação, aponta que 26% dos entrevistados consideram o ensino no nível médio do país como ruim ou péssimo. Em 2013, quando levantamento semelhante foi feito, o percentual era de 15%. No nível fundamental, o percentual passou de 18% para 27%. O percentual dos que consideram o ensino médio como ótimo ou bom caiu de 48% para 31% e no ensino fundamental o percentual passou de 50% para 34%. Segundo a pesquisa, 12% dos brasileiros acreditam que o aluno do ensino médio das escolas públicas está bem preparado para se inserir no mercado profissional e 23% dizem que está despreparado. A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira – Educação Básica foi realizada pelo Ibope Inteligência e ouviu 2 mil pessoas entre 15 e 20 de setembro do ano passado em 126 municípios. De acordo com os dados, aumentou de 61% para 74% o percentual dos que concordam totalmente que um ensino de baixa qualidade é prejudicial para o desenvolvimento do país. A pesquisa aponta também que 81% das pessoas concordam que o problema da educação no país podem ser atribuídos à má utilização das verbas destinadas ao setor. Os entrevistados deram notas para as condições gerais das escolas públicas de ensino fundamental e médio. Entre 10 fatores avaliados, em uma escala de 0 a 10, as notas médias variam de 3,7 a 6,3. A segurança nas escolas obteve a pior média na avaliação da população sobre as condições gerais das escolas públicas (3,7). O material didático digital, o acesso a computador com internet e as atividades extracurriculares também estão entre os itens com notas mais baixas. Da Agência Brasil

Seca faz governo declarar situação de emergência em Jaguaquara, Itaquara, Irajuba, Itiruçu e Lafaiete

/ Jaguaquara

Apesar das chuvas, Jaguaquara tem decreto reconhecido. Foto: BMF

Um decreto publicado pelo Governo estadual declara situação de emergência em 144 municípios baianos por causa da falta de chuva em algumas regiões do interior do estado. O decreto considera os fatores  anormais e adversos decorrentes da longa estiagem presentes nos relatórios recentes da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), além dos graves prejuízos às atividades produtivas nos setores da agricultura e da pecuária.  Também são levados em conta a falta do abastecimento de água nos municípios baianos, assim como os danos ambientais e prejuízos à subsistência e à saúde da população das cidades atingidas. ”Fica autorizada a mobilização de todos os órgãos estaduais, no âmbito das suas competências, para envidar esforços no intuito de apoiar as ações de resposta ao desastre, reabilitação do cenário e reconstrução”, diz um artigo do decreto. Veja a lista cidades mais próximas, no Vale do Jiquiriçá, atingidas pela estiagem: Jaguaquara, Boa Nova, Brejões, Contendas do Sincorá, Irajuba, Itaquara,  Itiruçu, Lafaiete Coutinho, Nova Itarana, Poções.

Mulher morre após grade de ferro atravessar carro na Avenida Paralela, em Salvador, e bebê sobrevive

/ Trânsito

Ferro atravessou todo o veículo Voyage. Foto: Tailane Muniz/Correio

Uma mulher, identificada como Ana Carolina Andrade, 32 anos, morreu em um grave acidente na Avenida Paralela, em Salvador, na manhã desta terça-feira (3). Dois carros se chocaram na via, no sentido aeroporto, e um dos veículos rodou na pista e atingiu o guard rail (proteção metálica) do canteiro central. Segundo o Correio, o acidente aconteceu por volta das 8h40, próximo ao Bairro da Paz. O ferro atravessou todo o veículo pelo lado da motorista, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Viaturas da Polícia Militar e da Transalvador, além de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), estão no local. O corpo da motorista foi retirado 12h por uma equipe do Corpo de Bombeiros. Segundo informações do ambulante Vagner Souza, 39, Ana vinha conduzindo o veículo em alta velocidade quando foi desviar de uma moto. ”Ela desviou da moto e já perdeu o controle para a esquerda e pegou direto o ferro [guard rail]. Depois o carro girou e parou na contramão, vimos o rapaz [Leandro] atrás. Ela ainda estava viva, os olhos abertos, trêmula. O rapaz foi retirado primeiro, ainda consciente. Depois a criança foi retirada. Os dois aparentavam estar bem. A moça morreu um tempo depois, não aguentou”, relatou. Um bebê de três meses também estava dentro do carro no momento da colisão, mas como estava na cadeirinha, não ficou ferido. O marido da motorista, Leandro Nery, 36, estava ao lado do filho, no fundo do veículo. O bebê e Leandro foram socorridos para o Hospital São Rafael, de acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Responsável por coordenar a retirada do corpo, o tenente Carvalho, da equipe do Corpo de Bombeiros, explicou que o processo seria mais demorado em função da violência do acidente. Além dos bombeiros, policiais do Departamento de Polícia Técnica (DPT) estavam no local para realizar perícia no veículo.

Polícia Federal descobre ”taxa agilização” cobrada por titular do cartório há 15 anos em Conquista

/ Bahia

A Polícia Federal em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, descobriu crimes de corrupção praticados no âmbito do Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas da cidade, durante a Operação Factum, deflagrada nesta terça-feira (3). Foram feitas diligências que permitiram comprovar que o titular do cartório cobrava uma espécie de ”taxa de agilização” para a realização de atos cartorários, tanto de particulares e como também de corretores de imóveis e despachantes. A PF estima que a prática vem ocorrendo há mais de quinze anos. No total, 57 policiais federais cumprem quatro os mandados de prisão, sendo uma preventiva e três temporárias; oito mandados de busca e apreensão; além de medidas cautelares diversas, nas cidades de Vitória da Conquista e Salvador. Além disso, o chefe do cartório mantinha trabalhando naquela serventia as suas filhas e ainda outras pessoas de sua confiança, sem qualquer vínculo formal com o Tribunal de Justiça da Bahia, com o intuito de controlar o funcionamento do Cartório de acordo com os seus interesses, não aceitando a presença no local de outros servidores do Tribunal de Justiça que ali foram lotados. No decorrer das investigações foi constatada ainda a prática de outros crimes não relacionados diretamente com o funcionamento do cartório, tais como falsidade ideológica, uso de documento falso para a promoção e consequente aumento salarial no cargo de professor na Secretaria de Educação do Estado da Bahia, tráfico de influência para a retirada de multas de trânsito e concessão de licença-prêmio, dentre outros. O nome da operação é referência a um dos significados da expressão ”factum’, que, em latim, pode ser ”escritura”, já que os crimes de corrupção ora investigados eram praticados sobretudo para agilizar o registro de escrituras. O titular do cartório foi indiciado pela prática dos crimes de corrupção passiva, associação criminosa, tráfico de influência, falsidade ideológica e uso de documento falso. Com informações do Bahia Notícias

ACM Neto diz a aliados que está 60% disposto a ficar na prefeitura e 40% a sair, diz coluna

/ Política

Neto está 60% disposto a desistir de eleição. Foto: Reprodução/G1

O democrata ACM Neto confessou a pessoas próximas que está 60% disposto a ficar no cargo de prefeito de Salvador e desistir da corrida ao Palácio de Ondina este ano, conforme a coluna do Estadão desta terça-feira (3). O gestor da capital baiana vai anunciar na sexta-feira (6) a decisão, mas já teria adiantado a assessores que a motivação pessoal é de apenas 40% para disputar o pleito contra o governador Rui Costa (PT) que é pré-candidato à reeleição.

Itabuna: Prefeito Fernando tem direitos políticos suspensos por improbidade administrativa

/ Política

Fernando deve recorrer da decisão. Foto: Prefeitura de Itabuna

O prefeito da cidade de Itabuna, Fernando Gomes, teve seus direitos políticos suspensos por três anos após decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública do município. O gestor também terá de pagar multa referente a três vezes o valor do salário quando da época do processo movido pelo Ministério Público do Estado por improbidade administrativa, além de ficar impedido de contratar, por três anos, com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou créditos.

Vice na chapa da CBF, Ednaldo não é candidato a reeleição na Federação Bahiana de Futebol

/ Esporte

No cargo desde 2001, Ednaldo deixa a FBF. Foto: Blog Marcos Frahm

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) terá um novo presidente. No cargo desde 2001, Ednaldo Rodrigues não será candidato a reeleição. O candidato da situação é o atual vice-presidente da entidade, Ricardo de Lima, que tem Manfredo Lessa como vice da única chapa inscrita no pleito marcado para esta terça-feira (3).Ednaldo Rodrigues aceitou o convite para ser candidato à vice-presidência do Nordeste na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na chapa única encabeçada por Rogério Caboclo, nome da situação para suceder Marco Polo del Nero, que está suspenso pela Fifa de todas as atividades ligadas ao futebol. ”Vou me preparar ainda mais para o desafio. E a partir daí a gente vai ter que buscar melhores situações para o fortalecimento do futebol nosso, da Bahia, e da região”. No entanto, Rodrigues afirma que a decisão de não tentar a reeleição não tem relação com o convite – ele poderia acumular os cargos, se quisesse. ”Esta decisão não é de agora. Desde a eleição passada, em 2014, nós já tínhamos a intenção de não sermos mais candidato à presidência da federação. Falei pra eles que realmente tinha outros projetos, já tinha dado a minha contribuição e alguns filiados disseram que, naquele momento, era interessante que continuasse”. O sucessor é alvo de elogios do atual presidente, que ficará no cargo até janeiro de 2019, quando encerra o mandato. ”Ricardo é uma pessoa superpreparada, assim como Manfredo. Ele passou por departamentos estratégicos da federação: de TI, de registro, que ele também acumula com a vice-presidência, fez curso de gestão da Fifa na CBF. Inclusive foi colega de Mauro Silva e Edu Gaspar. Uma pessoa que tem um trânsito muito grande com os filiados, sejam eles clubes e ligas; junto à CBF e às federações; aos órgãos públicos tanto estadual, municipal e federal. E assim também Manfredo”. Na segunda-feira (2), o pré-candidato da oposição, Ademir Ismerim, acionou a Justiça tentando barrar a eleição. Ele argumenta que o processo eleitoral foi convocado ”em pleno feriado da Semana Santa, buscando, dessa forma, inviabilizar a disputa”. A FBF fez a sua defesa, e agora a decisão está na mão da Justiça.

Petrobras anuncia quedas de 1,2% no preço da gasolina e de 1,36% para o óleo diesel

/ Economia

A Petrobras anuncia que, com o reajuste que entrará em vigor na quarta-feira (4), o preço médio do litro da gasolina A sem tributos nas refinarias cairá 1,20% para R$ 1,6581, de um valor anterior de R$ 1,6783. O valor médio nacional do litro do diesel A também terá queda, de 1,36%, para R$ 1,8578. A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho de 2017.Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Jequié: Polícia identifica suspeitos envolvidos em colisão e encontra pistola com uma das vitimas

/ Jequié

Joabson Meira Batista morreu no local. Foto: Reprodução/ WhatsApp

A Polícia Militar divulgou nota em que revela a ocorrência da noite de ontem, quando duas motos colidiram na Avenida Landulfo Caribé, momento em que um dos veículos transportava dois suspeitos em fuga. Segundo informações do 19º BPM, por volta das 18h50, o grupamento tático de motos *Carcarás* estava transitando pela Praça Luiz Viana sentido Joaquim Romão quando foram avistados dois elementos em atitude suspeita em uma motocicleta de placa policial PKB 1811 modelo Honda/XRE 300. Depois de dada ordem de parada, os elementos empreenderam fuga atravessando sinal vermelho e seguindo na contramão da Avenida Landulfo Caribé, e as *Carcarás* procederam com o acompanhamento. A moto ocupada pelos suspeitos bateu com outra moto em cruzamento com a Av César Borges e após buscas no local e nos indivíduos foi encontrada uma pistola modelo PT 809 9mm com 17(+1) munições e 1 mais carregador com 17 munições, com o indivíduo que foi identificado posteriormente como Joabson Meira Batista, que morreu no local, sendo o mesmo suspeito de vários  crimes de homicídios. Já David Oliveira Cerqueira de Jesus ”Dedê”, que estaria na moto com Joabson, e Romário Vieira de Souza, condutor da outra motocicleta  foram socorridos por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao  Hospital Geral Prado Valadares, onde permanecem internados.

Rosa Weber decidirá as eleições

/ Artigos

Seja no campo jurídico ou político, o que o STF julgará nesta quarta será bem mais que o habeas corpus de um ex-Presidente. Como já adiantou o ministro Gilmar Mendes, que retorna hoje à noite de Lisboa para participar da sessão, o julgamento do remédio constitucional em favor de Lula balizará o entendimento da prisão após condenação em segunda instância. No campo político, a decisão do Supremo terá forte poder decisório nas eleições de outubro – pois, na prática, determinará se Lula participará ativamente ou não das campanhas. Com a corte dividida, o fiel da balança será a enigmática ministra Rosa Weber, que nas vésperas do dia decisivo, afirmou ainda não ter terminado seu voto.

Se desconsiderássemos o voto da ministra gaúcha, teríamos um provável empate entre os demais membros. Enquanto Gilmar Mendes encabeça o grupo de ministros que votaria a favor do concedimento do habeas corpus, Edson Fachin, relator do processo, integraria o grupo de ministros que votaria contra. Alexandre de Moraes, apesar de ter se pronunciado a favor da admissão da medida, no último dia 22, acompanharia o relator, votando contra a medida desta vez. Como a presidente do tribunal tem seu voto praticamente declarado (contra Lula) o voto de minerva ficará mesmo nas costas da ministra Rosa. E a pressão sobre ela tem sido enorme.

Sérgio Moro, que atuou como juiz auxiliar de Rosa Weber no caso do “mensalão”, fez uma referência à ministra em sua entrevista ao programa Roda Viva, que mais pareceu uma pressão pública para que o voto dela acompanhasse o teor de sua sentença contra Lula. “ Tenho apreço especial pela ministra Rosa Weber, com quem trabalhei. Pude observar a seriedade da ministra, a qualidade técnica da ministra”, disse o juiz, antes de declarar que possui expectativa de que o atual entendimento sobre prisão em segunda instância não seja alterado (e consequentemente a prisão de Lula passe a ser possível imediatamente). Moro não foi o único agente público a pressionar o Supremo para este entendimento: houve passeata de juízes agendada nas redes sociais e até procurador anunciando jejum para que a decisão não contrariasse suas expectativas cristãs.

Em 2016, quando foi firmado o atual entendimento do STF sobre prisão após condenação em segunda instância, a ministra votou contra essa possibilidade, ficando, no entanto, vencida na decisão por 6×5 que autorizou – mas não obrigou – os juízes de instâncias inferiores a decretar prisão nessas situações. No julgamento seguinte, realizado de forma eletrônica, e que estendeu o alcance da decisão, Rosa não votou.

Mesmo tendo se manifestado contra a prisão antes do trânsito em julgado, por ter ficado vencida, a ministra tem respeitado a decisão do pleno e recusado sistematicamente habeas corpus de sua relatoria com argumentos semelhantes aos de Lula. Já foram 58 negativas em um período de pouco mais de dois anos. Não foi realizada nenhuma concessão.

Se a decisão do STF ainda não decidirá se Lula poderá ser ou não candidato (isso será decidido pelo TSE, que, coincidentemente, será presidido pela própria ministra Rosa à época do julgamento da candidatura), a decisão de amanhã decidirá se ele será silenciado pela prisão induzida por lawfare ou se estará livre para atuar na campanha, em princípio como candidato, ou, na pior das hipóteses, como cabo eleitoral. Na primeira situação, ele ganha com folga, provavelmente em primeiro turno; na segunda, coloca qualquer candidato no segundo turno com grandes chances de vitória. A prisão de Lula tem sido encarada pela direita como sua principal chance de vitória dentro do campo democrático.

Rosa Weber é Ministra do STF desde 2011, quando foi indicada pela então presidente da República Dilma Rousseff. Desde então, a reservada ministra, de voz baixa e calma, e que evita entrevistas e aparições pública, proferiu algumas sentenças polêmicas como quando utilizou a teoria do domínio do fato para condenar José Dirceu – “a literatura me permite”, disse a ministra na ocasião. Hoje, novamente, será ela a protagonista e poderemos ver se ela pode aguentar as pressões e induções que tem sofrido.

*Por Guilherme Coutinho, jornalista, publicitário e especialista em Direito Público. Autor do blog Nitroglicerina Política

A lição de Juscelino

/ Artigos

RIO – Candidato a presidente, Juscelino saiu pelo País visitando o PSD. Desceu na Bahia. Antonio Balbino, governador do PSD, ainda estava em cima do muro:

  • Qual é a verdadeira posição do Café?
  • Qual deles, Balbino? O vegetal ou o animal?

Foi para Pernambuco. Etelvino insistia:

  • Juscelino, vamos rever o assunto de fazer a união nacional.
  • Etelvino, já sei que você está contra mim, Quando você fala em

união nacional, na verdade está pensando em União Democrática Nacional.

  • Então você não quer a união?
  • Ora, Etelvino, candidato não faz união. Candidato disputa.

Quem faz união é governo, depois de empossado.

E voltou para Minas. Em 31 de dezembro, o chefe da Casa Militar da Presidência da República, Juarez Távora (depois candidato da UDN, derrotado por Juscelino), entregou a Café Filho um documento em que “as altas autoridades militares apelavam para uma colaboração interpartidária, um candidato único e civil”.

O documento só foi divulgado no dia 27 de janeiro, em “A Voz do Brasil”. Juscelino respondeu com um discurso duro, escrito por Augusto Frederico Schmidt, que terminava com a frase magistral:

  • Deus me poupou o sentimento do medo.

*

Lúcio, querido professor da Faculdade de Direito de Minas, fundador do PTB, deputado federal, era um bravo nacionalista. Quando os estudantes começaram em Minas a campanha de “O petróleo é nosso”, em 1953, convocamos um comício para a praça da estação e convidamos os parlamentares.

A polícia proibiu, alegando que era comício dos comunistas. Nenhum deputado federal apareceu. Apenas alguns estaduais e dirigentes estudantis na praça cheia, cercada pela polícia. E lá na frente, servindo de palanque, vazio, só o microfone, um caminhão sem as laterais.

De repente, chega o deputado e já candidato a senador Lúcio Bittencourt, alto, magro, terno claro, bigodinho preto, e vai direto para o caminhão. Fomos juntos, A polícia não teve coragem de barra-los. Alguns de nós falamos. Ele pegou o microfone e começou:

– Ontem , chegando a Minas, li nos jornais que a polícia havia proibido este comício. Liguei para o governador Juscelino, ele me disse que eram ordens do Rio. Confesso que tive dúvidas de vir. Mas à noite, dormindo, ouvi o povo me dizendo: Vai, Lúcio, vai! Vai!

E Lúcio foi. Deu um passo à frente e caiu embaixo do caminhão. Ainda tentei segurá-lo pela ponta do paletó, não adiantou. Desabou. Acabou o comício. No dia seguinte, no Palácio, Juscelino dava gargalhadas:

  • Eu bem que disse a ele. Não vai, Lúcio, não vai! Não vai!

*

Mal JK tomou posse na Presidência da República, em 31 de janeiro de 1956, começaram os levantes militares para derrubá-lo. Juscelino sufocou e mandou para o Congresso um projeto de anistia. A bancada do PTB ficou contra. Oswaldo Lima Filho, líder da bancada, liga para Jurema e comunica que o partido está contra a anistia aos militares sequestradores de avião. Jurema informou a Juscelino, que, do outro lado do telefone, justificou:

– Jurema, diga aos petebistas que não quero governar com mártires.

A anistia foi aprovada.

Pena Botto, almirante psicopata, entrou na lista de promoções. Juscelino promoveu. Os amigos protestaram. Juscelino explicou:

  • Pode ser um mau político, mas é um ótimo marinheiro.

Juscelino convidou Jurema para líder do governo na Câmara.

Abelardo lembrou que havia outros em melhores condições, como Ulysses Guimarães. Juscelino reagiu:

  • Você está doido, Jurema. Ulysses na liderança, já no outro dia

está pensando em ser candidato à Presidência. E aí, adeus Juscelino.

*

Lula entregou o governo a Dilma e levou uma rasteira. Quando quis substitui-la era tarde. Michel entregou a Procuradoria a doutora Raquel Dodge, que esta gostando muito do poder, e agora foi atropelado por ela e pelo melífluo Barrozinho, herança de Dilma.

*Por Sebastião Nery