Vitória goleia o Jequié no Waldomirão com facilidade e assume a liderança do Campeonato Baiano

/ Esporte

Jogadores do Vitória fazem trenzinho. Foto: André Hiltner

Antes de rolar a bola neste domingo (25) no Waldomiro Borges, em Jequié, Vagner Mancini foi enfático.”Esse é o time que mais jogou do Vitória. Tenho certeza que, em termos de rendimento, podemos exigir mais”. O Jequié nem exigiu tanto, mas o time rubro-negro captou bem as palavras do treinador e venceu os donos da casa com autonomia. O Leão goleou o Jipão por 5×1 e assumiu a liderança do Campeonato Baiano. Com o triunfo, o Leão chegou aos mesmos 16 pontos da Juazeirense, que perdeu do Flu de Feira por 3×1, mas bate o Cancão no saldo de gols (8×5). Na próxima rodada, no domingo (4), o Vitória recebe o Jacobina no Barradão, e o Jequié, que permanece com 10 pontos, mas caiu para a 6ª posição e tem a visita do Jacuipense, no Waldomirão. O jogo deste domingo teve uma renda de R$ 105.760,00, um total de 3822 torcedores pagaram ingressos.

Bahia vence Atlântico no último minuto do jogo na Fonte Nova e deixa campo sob vaias

/ Esporte

Bahia vence Atlântico, mas recebe vaias. Foto: Felipe Oliveira

”Murrinha”. Em bom baianês, é o termo mais apropriado para descrever o futebol do Bahia neste domingo (25), na Fonte Nova. O tricolor só se livrou de críticas mais pesadas porque conseguiu vencer o lanterna Atlântico por 2×1 com um gol no último minuto de jogo. A impressão é que toda a confusão do Ba-Vi do último domingo fez o futebol medíocre do tricolor neste início de temporada sair de cena por um tempo. Mas, neste domingo (25), ele deu suas caras novamente. Tudo bem, foi o time reserva. Além dos suspensos Vinícius e Lucas Fonseca, o técnico Guto Ferreira não tinha Douglas, machucado. Entre os titulares, o treinador decidiu poupar ainda Nino Paraíba, Mena, Elber e Edigar Junio. *Correio

Educação: Inscrição para financiamento estudantil em universidade paga termina quarta-feira

/ Educação

O prazo para inscrições no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) termina nesta quarta-feira (28), às 23h59. Podem se inscrever alunos que tiveram média de pelo menos 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que não tenham tirado nota zero na redação. Outra exigência é se encaixar dentro dos limites de faixa de renda estabelecidos para o programa. No início do ano, o Comitê Gestor do Fies definiu os limites do financiamento: máximo de R$ 30 mil por semestre e mínimo de R$ 300 e as condições do financiamento precisam ser estipuladas entre o banco que irá conceder o empréstimo, a instituição de ensino e o aluno. Após a conclusão do curso, o valor da parcela dependerá da renda do estudante. Há duas modalidades do financiamento (Fies e P-Fies) estruturadas em três faixas. A primeira contempla alunos com renda familiar bruta, por pessoa, de até três salários mínimos, sem juro real (0%). A segunda é destinada a alunos em cuja família cada membro tenha renda de até cinco salários mínimos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Estudantes com o mesmo teto de renda familiar das demais regiões estão incluídos na terceira faixa. Nestes dois últimos casos, os juros serão calculados em valor pouco acima da inflação. Para fazer a inscrição no site do MEC, o candidato deve fornecer o número do CPF, a data de nascimento e um e-mail válido. Além disso, precisa informar a renda familiar para comprovar que se encaixa nas exigências do programa. Os resultados de pré-seleção e as listas de espera serão divulgados após o encerramento das inscrições. Para a modalidade Fies a lista com os nomes será publicada no dia 5 de março, e na modalidade P-Fies, no dia 12 de março.

Cantor Igor Kannário tem habilitação e carro apreendidos em blitz na cidade de Salvador

/ Bahia

Igor Kannário se negou a fazer teste de alcoolemia. Foto: Reprodução

O vereador de Salvador, Igor Kannário (PHS) teve a carteira de motorista e o carro, que estava com licenciamento atrasado, apreendidos pela Polícia Militar após blitz realizada na tarde deste domingo (25). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Kannário foi abordado na Avenida França, bairro do Comércio, em Salvador. O vereador, quando visualizou a barreira, engatou a marcha ré, estacionou o carro e pediu carona. Os PMs perceberam e quando ele passou pela blitz foi parado. Como se negou a fazer o teste de alcoolemia, terminou com a carteira de motorista recolhida. Após verificação da situação do veículo da marca Audi, como constava falta de pagamento do licenciamento, acabou apreendido. “Temos que seguir as leis e dar exemplo. Um parlamentar, eleito com voto do povo, agindo desta maneira é lamentável”, declarou o comandante do Esquadrão Águia, major Marcelo Grun.

Multa de eleitores que não compareceram às urnas em 2016 é de aproximadamente R$ 98 milhões

/ Brasil

Multa para eleitores que não compareceram. Foto: Reprodução

Os eleitores que não votaram nem justificaram a ausência nas eleições de 2016 devem R$ 98,4 milhões à Justiça Eleitoral, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dos 29 milhões de eleitores multados no último pleito, somente 3,6% – aproximadamente 1 milhão – pagaram a multa de R$ 3,51. No 1º turno de 2016, 22.811.470 eleitores foram multados por não votarem nem justificarem a ausência. Isso significa que 15,57% daqueles que estavam aptos deixaram de votar ou justificar na ocasião. Este é o percentual mais alto da última década, quando analisados os números do 1º turno. Com informações do G1.

Prazo de inscrições para o programa FIES termina nesta quarta-feira

/ Educação

Os interessados em se inscrever no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até às 23:59 h da próxima quarta-feira (28) para realizar o procedimento. Para fazer a inscrição, o candidato precisa acessar o site do Ministério da Educação (MEC) e preencher a ficha com número do CPF, data de nascimento, e-mail e outros dados. Alunos que obtiveram média de pelo menos 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que não zeraram a redação estão aptos a participar. É necessário também se encaixar nos limites de faixa de renda estabelecidos pelo programa. Como definido pelo Comitê Gestor do Fies no início deste ano, o financiamento máximo é de R$ 30 mil por semestre e o mínimo de R$ 300. O banco responsável por conceder o empréstimo, a instituição de ensino e o aluno devem ajustar os termos para esse financiamento. Segundo informações da Agência Brasil, após a conclusão do curso, o valor da parcela vai depender da renda do estudante.

Aliados sugerem que Lúcio deixe MDB e se filie a partido menor, mas deputado rejeita

/ Política

Emedebista baiano é investigado por crimes. Foto: Agência Câmara

Os aliados do deputado federal Lúcio Vieira Lima sugeriram que o parlamentar deixe o MDB e se filie a um partido menor, segundo a coluna Satélite, do jornal Correio. A proposta, contudo, não agradou ao irmão do ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima. Lúcio rejeitou a sugestão. De acordo com a publicação, a alternativa tinha como pano de fundo evitar o esvaziamento do MDB, e, ao mesmo tempo, revigorar a imagem da sigla, desgastada após a prisão de Geddel. A proposta a Lúcio envolvia ainda a montagem de uma coligação com outras legendas menores para garantir a presença do deputado na Câmara em 2019. Com a permanência do irmão de Geddel no MDB, não é descartada uma debandada do partido. Há chance ainda de o prefeito ACM Neto (DEM) romper com a agremiação, caso dispute o governo. Nesta terça-feira (27), o Conselho de Ética da Câmara vai instaurar um processo contra Lúcio. O emedebista baiano é investigado por crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa, quebra de decoro parlamentar e ameaça no caso dos R$51 milhões encontrados no “bunker de Geddel”,

Pressão para julgar ação que sele destino de Lula faz Cármen Lúcia se isolar no STF

/ Justiça

Ministra Cármen Lúcia, presidente do STF. Foto: Agência Brasil

O grupo próximo à presidente do Supremo Tribunal de Justiça (ST), Cármen Lúcia, já admite que ela acabará pautando um caso que sele o destino do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo. Seja o habeas corpus ou a ação que questiona de forma genérica a prisão após condenação em segunda instância. A coluna detalha que a ministra vive momento de extrema pressão. Tem evitado reuniões com o colegiado e reduziu ainda mais seu núcleo de conselheiros. No Supremo, dizem que não se vê isolamento semelhante desde a gestão de Cezar Peluso (2010-2012). Ainda segundo a publicação, ministros apontam várias decisões que renderam críticas à presidente do Supremo. O veto parcial ao indulto natalino de Michel Temer, a decisão que barrou a posse de Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho e a hesitação sobre o habeas corpus de Lula são citados como exemplos. Cármen não submeteu nenhum desses casos ao plenário e tem sido definida como alguém que peca pelo apego à opinião pública e pela veia centralizadora.

Educação: Prazo para inscrição de estudantes no Projovem termina a próxima quarta-feira

/ Educação

Jovens entre 18 e 29 anos que desejam concluir o ensino fundamental e obter um certificado profissionalizante devem ficar ligados.Termina a próxima quarta-feira (28) o prazo para inscrição no Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem), do Ministério da Educação (MEC). De acordo com a Agência Brasil, o programa conta com 54 mil vagas, 43 mil delas disponíveis para modalidade Urbano, distribuídas em 13 estados e 25 municípios, incluindo oito capitais, entre elas Manaus, Belém, Recife, Rio de Janeiro, Rio Branco e Natal. Há 11 mil vagas espalhadas em 11 estados e 45 municípios para a modalidade Campo. Para mais informações sobre as vagas acesse o site. Além da conclusão do ensino fundamental, os alunos do Projovem podem realizar cursos de iniciação profissional em diversas áreas, como administração, alimentação, arte e cultura, construção e reparos, agro-extrativismo, produção rural familiar, transporte, turismo, vestuário, esporte e lazer, gestão pública, entre outros. Além disso, o programa disponibiliza uma sala de acolhimento para filhos dos estudantes de até oito anos ficarem durante o horário das aulas dos pais.

Cigano atropela criança de 08 anos em Ipiaú, foge do local e acaba preso pela polícia em Jitaúna

Criança foi socorrida por uma equipe do Samu. Foto: Giro em Ipiaú

Um garoto de 08 anos foi atropelado na manhã deste sábado (24), no perímetro urbano da BR-330, em em Ipiaú. De acordo com informações do site Giro em Ipiaú, a criança foi atropelada por um automóvel modelo Celta, de cor branca. O motorista não prestou socorro e fugiu. A Polícia Militar de Jitaúna foi acionada, montou uma barreira e acabou prendendo o suspeito. O condutor é o cigano Soleon Santos Dorio, 28 anos. Ele estava no carro na companhia de um filho. O garoto foi socorrido por profissionais do Samu e encaminhado para o Hospital Geral de Ipiaú. Segundo apurou a reportagem, Juliano Brito sofreu escoriações e reclamava de muitas dores. Ele será submetido a exames mais detalhados na unidade hospitalar para verificar se houve fraturas. O estado de saúde da criança, moradora do bairro Irmã Dulce, em Ipiaú, é estável. Moradores da localidade informaram que já enviaram ao DNIT um pedido para instalação de mais dois redutores de velocidades naquele trecho da rodovia.

Jaguaquara: Polícia diz que suspeito era mandante de crimes e apresenta material apreendido

/ Jaguaquara

Polícia divulga resultado na operação no Quilombolas. Foto: Cipe

A Companhia de Policiamento Especializado – Cipe Central divulgou nota sobre a ação de policiais na tarde de ontem, sábado (24), na Comunidade Quilombolas, no bairro Casca, em Jaguaquara. Conforme a polícia, Evanildo Barbosa dos Santos, vulgo ”Peba”, era suspeito de ser mandante e executor  de roubos e homicídios na região e indivíduo tentou evadir por um matagal deflagrando tiros contra o cerco policial quando percebeu a chegada da guarnição no local, por volta das 16h30, quando os PMs tomaram a localidade. Ainda de acordo com a nota, no revide, ”Peba”,  que tinha em seu poder uma sacola contendo objetos diversos, foi baleado, sendo posteriormente socorrido e levado ao Hospital Municipal de Jaguaquara, mas, não resistiu e morreu. O material apreendido foi apresentado na Delegacia de Polícia de Jaguaquara, onde foi lavrado o Auto de Resistência pelo DPC, Chardison Castro, sob nº 310/2018. Constaram do material apreendido um revolver calibre 38 Taurus, numeração suprimida, com três munições deflagradas e três intactas; 103 tabletes pequenos pesando 390 gramas de substância análoga a maconha; um celular BLU e uma carteira contendo documentos pessoais.

Ligações de telefone fixo para móvel ficam mais baratas a partir deste domingo

/ Economia

As ligações locais e interurbanas de telefones fixos para móveis ficarão mais baratas a partir deste domingo (25). Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a redução das chamadas locais vai variar entre 10,58% e 12,75% e a das tarifas interurbanas, entre 3,98% e 7,41%. A queda vai ocorrer devido à redução das tarifas de interconexão, que é o valor cobrado de uma empresa pelo uso da rede de outra operadora para a realização de serviços. O cálculo das tarifas é feito pela Anatel. De acordo com a agência, as tarifas de inteconexão foram usadas inicialmente para subsidiar a instalação de redes das operadoras móveis. A redução das tarifas vale para as ligações originadas nas redes das concessionárias de telefonia fixa – Oi, Telefônica, CTBC, Embratel e Sercomtel – destinadas às operadoras móveis. O preço médio das ligações locais de telefone fixo para móvel vai passar de R$ 0,18 para R$ 0,12, sem imposto. Para as ligações interurbanas feitas de fixo para móvel com DDD iniciando com o mesmo dígito, por exemplo, DDDs 61 (Brasília) para 62 (Goiânia), o preço médio cairá de R$ 0,55 para R$ 0,39. Enquanto o preço médio das demais ligações interurbanas de fixo para celular, vai ser reduzido de R$ 0,62 para R$ 0,45. Desde 2014, a tarifa de interconexão vem caindo e novas reduções devem acontecer até 2019. A lista com a redução de cada concessionária está disponível no site da Anatel.

Romário é acusado de ocultar patrimônio milionário para evitar o pagamento de dívidas

/ Brasília

Romário diz que reportagem se confundiu. Foto: Divulgação

Reportagem do jornal O Globo deste domingo (25) afirma que o senador Romário (Podemos-RJ) ocultou uma parcela milionária do seu patrimônio nos últimos anos para evitar o pagamento de dívidas reconhecidas pela Justiça. Segundo a publicação, dois apartamentos na Praia da Barra da Tijuca já foram identificados em juízo e vão ser usados para amortizar parte do que é devido pelo ex-jogador. Os próximos itens da lista são uma casa em um condomínio de luxo no mesmo bairro e um carro importado. De acordo com a publicação, os bens mapeados — todos estiveram ou ainda estão oficialmente registrados em nome de terceiros — são avaliados em R$ 9,6 milhões. Levantamento feito pela reportagem nas ações, em cartórios e junto à Procuradoria da Fazenda Nacional revela que Romário e duas de suas empresas são cobrados por pelo menos R$ 36,7 milhões em dívidas com a União, outras empresas e pessoas físicas. Conforme a reportagem, o mecanismo para esconder bens e burlar credores foi explicitado pela juíza Érica de Paula Rodrigues da Cunha, da 4ª Vara Cível da Barra, ao analisar o caso dos imóveis localizados na orla da Barra. “O expediente é tal flagrante que não pode ser ignorado. Não é preciso maior dilação para se concluir pela ocultação de patrimônio para fraudar credores”, ressalta a magistrada em despacho de outubro do ano passado. Ainda segundo O Globo, os dois apartamentos citados foram comprados pelo senador em 2005 e quitados em 2008. Mas, até 2016, permaneceram registrados em nome da construtora Cyrela. Instada por um dos credores de Romário, a Justiça determinou que a empresa revelasse a identidade do real proprietário. A Cyrela, então, informou que os imóveis pertenciam à Romário Sports Marketing, firma que tem o senador como principal sócio. A Cyrela disse, em nota, que caberia ao comprador do imóvel solicitar o registro. De acordo com o jornal carioca, no fim do ano passado, os dois apartamentos foram leiloados para quitar parte da dívida do senador com a Koncretize, empresa que prestou serviços para o extinto restaurante Café do Gol, que Romário manteve na Barra entre o final dos anos 1990 e o início dos anos 2000. Em dezembro, um empresário arrematou os dois imóveis pelo total de R$ 2,86 milhões. O senador, na época da campanha, fixou em R$ 1,3 milhão o valor total dos seus bens. Na ocasião ele informou à Justiça eleitoral que era dono de 99% do capital da Romário Sports Marketing e estipulou em R$ 99 mil o valor de sua participação na empresa. O ex-craque do futebol afirmou ao Globo que a reportagem estava “confundindo a pessoa jurídica Romário Sports Marketing com a pessoa física Romário de Souza Faria”: “Como vocês próprios falaram, os imóveis não são meus, pertenciam à empresa”. O Globo cita outros casos de transações suspeitas de imóveis e veículos de luxo envolvendo o senador, que é pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro.

Michel Temer e Henrique Meirelles discutem eventual candidatura presidencial do MDB

/ Brasil

Michel Temer pode passar a vez para Meirelles. Foto: Divulgação

O presidente Michel Temer se reuniu no final da tarde deste sábado (24) com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. No encontro, além de discutirem a pauta econômica e remanejamentos orçamentários, trataram da sucessão presidencial deste ano, sobretudo uma eventual candidatura do MDB. Nesta semana, o ministro disse que tomará uma decisão sobre sua candidatura ao Palácio do Planalto até abril e que sua etapa à frente da pasta está concluída. Nos bastidores, ele tem negociado uma filiação ao MDB, mas a possibilidade de uma candidatura à reeleição do presidente tem atrapalhado os planos eleitorais de Meirelles. O ministro decidiu fazer uma jogada arriscada e comunicar ao presidente que deseja ser o candidato do MDB ao Palácio do Planalto. O cálculo político é forçar o posicionamento de Temer até o início de abril, quando Meirelles precisa sair do cargo caso queira concorrer.  Assim, o ministro transfere ao presidente a responsabilidade por vetá-lo ou não para a disputa de outubro. Apesar de dizer publicamente que não é candidato, o presidente passou a considerar essa hipótese. Ele deu a ordem, contudo, para que seus auxiliares mais entusiasmados esperem possíveis resultados da intervenção federal no Rio de Janeiro que possam ter reflexos eleitorais. A estratégia esboçada pela equipe de marketing é transformar o presidente em um candidato linha-dura, aproximando-o do campo da direita e assumindo a bandeira da segurança pública. Segundo pesquisa promovida pelo MDB, o tema é um dos que mais preocupa a população brasileira para a sucessão do Palácio do Planalto neste ano. Para reforçar o endurecimento na imagem de Temer, a ideia é que ele aumente aparições públicas ao lado de soldados e generais e faça mais viagens a locais que enfrentam problemas de insegurança, como Rio de Janeiro e Ceará. Ele também deve mudar a linha do discurso. A proposta é que ele simplifique a linguagem, para que seja acessível às camadas menos instruídas, e adote expressões mais enérgicas, como “Chega” e “Basta”.  As duas foram usadas, por exemplo, na assinatura do decreto de intervenção do Rio de Janeiro.Para ser candidato, no entanto, o presidente sabe que precisa se viabilizar eleitoralmente até maio, prazo que estabeleceu para definir se tentará a reeleição. A meta do chamado “Plano Temer”, estruturado pela equipe de marketing do emedebista, é elevar os índices de aprovação para 15% e reduzir os percentuais de rejeição para 60%. Segundo a última pesquisa Data folha, hoje 6% consideram o governo ótimo ou bom e 70% o avaliam como ruim ou péssimo.