Iniciativa: A atriz Emma Watson doa R$ 4,5 milhões para a luta contra assédio sexual

/ Entretenimento

Atriz e ativista Emma Watson. Foto: Reprodução

A atriz e ativista britânica Emma Watson doou um milhão de libras (cerca de R$ 4,5 milhões) para lançar um fundo de apoio às vítimas de assédio e abuso sexual. O Justice and Equality Fund (Fundo para Justiça e Igualdade) foi anunciado em uma carta aberta publicada na imprensa britânica, que apoia o movimento americano Time’s Up. O texto é assinado por cerca de 200 mulheres, entre elas as atrizes Kate Winslet, Emma Thompson e Keira Knightley. A página de arrecadação de fundos mostra a doação de um milhão de libras feita por Emma Watson, ex-estrela da saga “Harry Potter” e hoje embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres. A atriz Keira Knightley e o também ator Tom Hiddleston doaram 10 mil libras (cerca de R$ 45 mil) cada um. Os recursos do fundo serão usados para estabelecer uma rede de assessoria, apoio e projetos para perseguir os abusos em todos os setores profissionais.

Patético: Vitória provoca expulsão e acaba o Ba-Vi antes da hora; jogo terminou empatado

/ Esporte

Vitória forçou expulsão e terminou o jogo. Foto: Maurícia da Matta

O que seria o Ba-Vi da paz terminou como o Ba-Vi da vergonha neste domingo (18), no Barradão. Com 1×1 no placar e após 16 minutos de paralisação por causa de brigas, o jogo terminou aos 34 minutos do segundo tempo porque o Vitória não teve jogadores suficientes. A regra diz que a partida não pode continuar se um time tiver menos de sete jogadores em campo. Foi o que aconteceu, e de maneira proposital. O Vitória tinha sete jogadores em campo. Primeiro porque Kanu, Rhayner e Denilson foram expulsos por causa de uma briga que começou quando Vinicius empatou de pênalti para o Bahia – no primeiro tempo, Denilson havia feito 1×0 para o rubro-negro.O jogo só recomeçou depois de 16 minutos de bola parada e quatro jogadores do Bahia também expulsos, sendo os titulares Vinícius e Lucas Fonseca e os reservas Edson e Rodrigo Becão. Ou seja, com nove do Bahia e oito do Vitória. Até que o rubro-negro Uillian Correia foi expulso após fazer falta por trás em Zé Rafael e receber o segundo cartão amarelo. O Vitória, com sete em campo, ficava no limite. Poucos minutos depois, o Bahia teve uma falta para cobrar no ataque. E, após uma troca de informações entre o supervisor Mário Silva, o técnico Vagner Mancini e alguns jogadores como Ramon e Bryan, o zagueiro Bruno Bispo caminhou até a bola, que estava parada para Allione cobrar, e a chutou para longe. Ele já tinha cartão amarelo, foi expulso e acabou o jogo antes da hora.

A primeira briga
A primeira grande confusão do jogo começou aos 4 minutos do segundo tempo, quando o Bahia empatou o jogo em cobrança de pênalti de Vinícius. Na comemoração, o meia tricolor fez uma dancinha estilo “créu” e gesto de “cala a boca” direcionado para a torcida do Vitória. O goleiro Fernando Miguel não gostou e saiu em disparada segurando o jogador do Bahia e bradando com ele. Foi o início de uma briga generalizada em que Vinícius levou socos de Denilson, Yago e Kanu, e o volante Edson, do Bahia, deu um murro no lateral Bryan, do Vitória, além de outros jogadores envolvidos O árbitro Jailson Freitas expulsou três jogadores do Vitória: Kanu, Denilson e Rhayner, todos titulares; e quatro do Bahia, sendo os titulares Lucas Fonseca e Vinícius, sendo que este não havia revidado nem tinha cartão amarelo, e os reservas Rodrigo Becão e Edson.

Regulamento dá triunfo ao Bahia
O regulamento geral de competições da CBF afirma, em seu artigo 56, que nenhuma partida poderá ser disputada com menos de sete atletas. E acrescenta, no inciso 3º, que “após o início da partida, se uma das equipes ficar reduzida a menos de sete (7) atletas, dando causa a essa situação, tal equipe perderá os pontos em disputa”. O inciso 4º complementa: “O resultado da partida será mantido, na aplicação do § 3º, se, no momento do seu encerramento, a equipe adversária estiver vencendo a partida por um placar igual ou superior a três (3) gols de diferença; e se tal não ocorrer, o resultado considerado será de três a zero (3×0) para a equipe adversária”. O técnico Guto Ferreira já falou como vencedor do clássico, embora em tom de lamento: “Infelizmente um triunfo do Bahia que não tem aquele gostinho porque dentro de campo não foi possível terminar da maneira que tinha que terminar. Mas aí não cabe a nós julgar ou tomar decisões por eles. Nós sempre honramos os torcedores, buscamos os resultados até o final”. A Federação Bahiana de Futebol ainda não publicou a súmula da partida. *Correio

Cachorro é resgatado após passar 3 dias com fome e sede em Euclides da Cunha. Donos viajaram

/ Bahia

Cachorro resgatado pela polícia. Foto Divulgação

Um cachorro foi resgatado pela polícia após ficar preso em uma casa durante três dias, sem comida e água. O animal foi localizado depois que vizinhos dos proprietários – que teriam viajado – denunciaram o caso. De acordo com a Polícia Militar, os agentes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe)/Nordeste participavam, durante a tarde de sábado (17), de uma operação na região quando foram informados sobre o animal. Vizinhos relataram que o cachorro latia há três dias sem parar. O animal foi encontrado com estado de saúde debilitado, sem conseguir caminhar, conforme informações da polícia. O pet foi levado para uma clínica veterinária do município, onde recebeu os cuidados médicos e permanece internado. Os donos, que poderão responder por maus-tratos, ainda não foram localizados.

Estudantes brasileiros podem usar nota do Enem para ingressar em universidades portuguesas

/ Brasil, Educação

Notas do Enem são muito importante. Foto; Reprodução

Os estudantes brasileiros que sonham em fazer graduação fora do país têm portas abertas em Portugal. O país já tem 28 convênios firmados com o Brasil, que permitem a utilização do nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o ingresso em faculdades portuguesas. Desde 2014 que o Brasil vêm assinando acordos com instituições de ensino superior em Portugal para que a nota do Enem seja considerada. A Universidade de Coimbra, a faculdade que tem mais alunos brasileiros fora do Brasil, foi a primeira a firmar a parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação do Brasil. Para se candidatar, os estudantes brasileiros não podem ter cidadania portuguesa nem morar em Portugal há mais de dois anos. Além disso, devem ter o certificado de conclusão do ensino médio e um passaporte válido. As exigências valem para as inscrições em qualquer universidade ou instituto de ensino superior. Além disso, os candidatos devem checar quais outros requisitos podem ser exigidos, de acordo com o curso ou faculdade que escolherem. Segundo o Inep, as instituições de Portugal que aceitam o Enem têm liberdade para definir qual será a nota de corte para o acesso dos estudantes brasileiros aos cursos ofertados. Na Universidade do Porto, por exemplo, as notas do exame podem ter um peso diferente em função do curso que o candidato pretende ingressar. Além disso, as datas de matrícula, prazos de inscrição e números de vagas também variam de acordo com cada instituição. É importante que os estudantes estejam atentos aos calendários das faculdades. Outra variável é o preço das mensalidades, que em Portugal são chamadas de propinas. Mesmo as universidades públicas são pagas e os valores podem variar bastante. No país, as universidades públicas concentram a maior parte dos alunos do ensino superior (mais de 80% das cerca de 370 mil matrículas).

Criminalidade: Homem foi assassinado no final da Rua da Linha na cidade de Jequié

/ Jequié

Afonso Reis Brito foi assassinado a tiros. Foto: Reprodução

Um homem foi assassinado na noite de sábado (17) no final da Rua da Linha (Avenida Nazaré), bairro Caixa d’Água, em Jequié. Desconhecidos interceptaram a vítima e fizeram vários disparos. Afonso Reis Brito, estaria completando 18 anos no próximo mês de maio. Ele era natural de Taboão da Serra-SP, mas residia em Jequié com os pais. A Policia investiga motivação e autoria do crime.

Suspeitos de sequestrar empresário e ex-prefeito de Valença são transferidos para Salvador

/ Bahia

Criminosos foram presos em SP com R$ 1,4 milhões. Foto: Divulgação

Os quatro homens envolvidos no sequestro do ex-prefeito da cidade Valença foram transferidos de São Paulo para Salvador neste sábado (17). Os quatro criminosos participaram do sequestro de Ramiro José Campêlo de Queiroz, que também é empresário, no mês de janeiro deste ano. A vítima ficou 25 dias com o grupo. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), eles chegaram a Salvador no final da tarde, em uma aeronave do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar. Segundo a SSP-BA, Márcio Reis dos Santos, o ‘Bradock’, Geraldo Alves de Carvalho Neto, Carlos Eduardo Rabello e André Luís Maciel Santos foram presos pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil, na última quarta-feira (14), na cidade paulista de Caçapava. Além das prisões, o dinheiro do resgate pago pela família foi recuperado. A investigação foi feita em parceria com a Superintendência de Inteligência da SSP. De acordo com o delegado do Draco, Cleandro Pimenta, os suspeitos vão prestar depoimento novamente e, em seguida, serão encaminhados para o sistema prisional.

Vale do Jiquiriça: Zé Cocá abraça campanha pela duplicação da Serra do Mutum

Zé Cocá fala sobre tragédias na BR 116. Foto: Blog Marcos Frahm

Depois de se registrar várias tragédias na BR 116, mas precisamente no trecho conhecido como Serra do Mutum, a população das cidades que compõem a região do vale Jiquiriçá e usuários da rodovia, encabeçou uma grande campanha pela duplicação do sinuoso trecho que também que pode ser se chamado de “curvas da morte”. O Coordenador de Consórcios Intermunicipais da Bahia, Zenildo Brandão ( o popular Zé Cocá ) entrou de cabeça na campanha e afirma estar ao lado do povo na defesa de uma rodovia que ofereça segurança, tranquilidade e acima de tudo o bem estar de quem trafega por ali. Para o líder político, o que falta é a sensibilidade do Governo Federal que é o maior responsável pela manutenção das rodovias federais ainda que essas sejam privatizadas.  A BR-116 é administrada pela concessionária Via Bahia entre Feira de Santana e Vitória da Conquista, a Serra do Mutum fica entre Jaguaquara e Jequié passando pelo município de Lafaiete Coutinho, compreendendo uma distância de 9km. Vale salientar que outros trechos já foram duplicados a exemplo da região do Piemonte do Paraguaçu. “Defenderei essa causa com todas as minhas forças, pois é uma causa nobre e certamente muitas vidas serão poupadas. É inadmissível estarmos perdendo os nosso irmãos e entes queridos por causa da falta de compromisso de quem já deveria ter resolvido o problema. A nossa região tem várias lideranças políticas e essa demanda não é recente, é antiga e carece da nossa atenção. Vamos unir forças e sei que sairemos vencedores. Esta luta é minha também. Vamos até as últimas consequências por uma estrada melhor”, disse Zé Cocá.

Ipiaú: Polícia civil recupera gado furtado e prende cigano suspeito de receptação

/ Região

Hirosmar foi preso por receptação. Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Ipiaú prendeu na noite desse sábado (17), na Avenida Benedito Lessa, em Ipiaú, o cigano Hirosmar Santos Santana, apelidado de “Babaloo”, acusado de receptação. Na propriedade dele, a Polícia encontrou quatro cabeças de gado furtadas no município de Itagibá, entre a noite de sexta e a madrugada deste sábado. De acordo com o delegado Rodrigo Fernando, na propriedade do cigano ainda foram encontrados diversos bodes, que também podem ter sido furtados na região. Conforme informou a polícia, Hirosmar confessou que comprou os bovinos e pretendia comercializar na região de Ipiaú. Uma suposta arma de propriedade do cigano foi procurada no imóvel, mas não foi localizada. Foram apreendidos um automóvel modelo GM Astra, uma caminhonete S10 e diversos pássaros silvestres. Hirosmar permanece custodiado na delegacia local. Ele deve responder por receptação e crime ambiental. Em 2016, Hirosmar foi preso acusado de furtos (ver aqui). O delegado informou que irá ouvir o flagranteado para buscar pistas sobre o autor dos furtos.  (Giro Ipiaú)

Bahia e Vitória fazem neste domingo clássico com tabu de nove jogos para o Leão

/ Esporte

Nino Paraíba, agora no Bahia, e Yago, do Vitória. Foto: Divulgação

A bola vai rolar para o primeiro Ba-Vi de 2018. Neste domingo (18), Bahia e Vitória se enfrentam às 16h, no Barradão, pela sexta rodada do Campeonato Baiano, e a principal novidade estará nas arquibancadas. Após seis clássicos com torcida única, tricolores e rubro-negros poderão acompanhar o duelo. Em campo, os dois times vivem momentos distintos. Com apenas uma derrota na temporada, o Leão é o vice-líder do estadual. O rubro-negro tem 10 pontos, com um jogo a menos, e só atrás da Juazeirense, que tem 13. Já o Bahia soma oito pontos e inicia a rodada na quinta colocação, fora da zona de classificação para as semifinais – o Jequié, em quarto, tem 10. Por isso, o triunfo sobre o rival ganha ainda mais importância para os comandados de Guto Ferreira.