Primeiro dia de Carnaval oficial em Salvador tem Claudia Leitte, Pitbull, Bell, Léo e Harmonia

/ Entretenimento

Claudia e o rapper Pitbull dão início ao desfile. Foto: Divulgação

Depois de seis dias de festas de ”pré-Carnaval”, Salvador dá início oficialmente à folia de Momo nesta quinta-feira (8). A abertura, que nos últimos anos ocorreu na Praça Municipal na quarta-feira, desta vez acontecerá na Barra, com a entrega das chaves da cidade ao Rei Momo, André Luís Santos, conhecido como Dallas Lewesthaym. Logo após, Claudia Leitte e o rapper Pitbull dão início ao desfile de trios no circuito Dodô (Barra-Ondina), às 17h15 (horário de Salvador), com a participação do grupo fitness Zumba. Nesta quinta, também desfilam os trios sem corda de Bell Marques, Dan Miranda, Jau, Alavontê e Armandinho, Dodô e Osmar. Já no circuito Osmar (Campo Grande), o folião vai poder acompanhar trios sem corda com atrações como Harmonia do Samba, Léo Santana, É o Tchan e Babado Novo. Com informações do Bahia Notícias

Em casa, Jequié vence o Atlântico com placar magro, mas chega aos dez pontos no Baianão

/ Esporte

Jequié se recupera após derrota para o Flu. Foto: Divulgação/ADJ

O Jequié se recuperou da derrota sofrida na última rodada para o Fluminense de Feira e, nesta quarta-feira (7), jogando em casa, venceu o Atlântico com placar magro, na estreia do técnico Carlos Rabello. Logo aos 6 minutos de jogo, o ADJ abriu o marcador com um golaço de Tite, que fez uma meia bicicleta e a bola cobriu o goleiro Ferrari, da equipe adversária. O jogo foi marcado pela ocorrência de muitas faltas, em razão do gramado pesado por conta da chuva registrada à tarde em Jequié. Ao vencer por 1×0, o Jipão chegou aos dez pontos e figura na quarta colocação, enquanto o Tubarão só tem um e é o penúltimo. O Atlântico de Ricardo Silva retornou para Lauro de Freiras, de ônibus, após amargar mais uma derrota no Baianão 2018. A equipe havia se hospedado em Jaguaquara, antes do confronto com a Associação Desportiva Jequié. O público no Estádio Waldomirão foi de 1.548 torcedores, para uma renda de R$ 45.540. *Por Marcos Frahm

Hernane Brocador faz três e Bahia atropela o time do Vitória da Conquista por 6×1 no Baianão

/ Esporte

Hernane desencanta e faz três gols. Foto: Arisson Marinho/Correio

Se o torcedor do Bahia estava na bronca e queria um bom resultado, ele veio com sobra. Na noite desta quarta-feira (7), o tricolor goleou o Vitória da Conquista por 6×1, na Fonte Nova, e encerrou o jejum de dois jogos sem vencer no Campeonato Baiano. A partida foi marcada pelo retorno de Hernane, e em grande estilo: não só voltou a fazer gol depois de quase um ano como marcou logo três de vez. Os 4.414 torcedores pagantes na Fonte Nova viram um jogo fraco tecnicamente no primeiro tempo. O Bahia voltou a apresentar os velhos problema na criação das jogadas de ataque e conseguiu chegar com perigo poucas vezes. Para tentar mudar o panorama e encerrar o jejum de gols e de triunfos, Guto Ferreira voltou do intervalo com Hernane no lugar de Kayke. Não demorou muito e o time deslanchou. *Correio