Em Coribe, Rui Costa entrega obras de abastecimento e autoriza restauração de estrada

/ Bahia

Rui com o prefeito de Coribe, Manuel Rocha. Foto: Mateus Pereira

Mais de oito mil moradores de Coribe, no Oeste baiano, durante visita ao município, nesta sexta-feira (2), o governador Rui Costa entregou o sistema de abastecimento de água da sede da cidade e o sistema integrado da localidade de Ranchinho. Também na oportunidade, Rui assinou ordem de serviço para restauração e manutenção, por um período de cinco anos, em 43 quilômetros da BA 172, que liga Jaborandi a São Félix do Coribe.”Estamos concluindo a segunda etapa desse sistema de abastecimento, trazendo água potável para os moradores do município. Meu sonho é que todos os distritos de Coribe tenham água tratada e estamos trabalhando para isso. Aqui também autorizei a restauração dessa estrada, que está bastante estragada e que, em breve, voltará a atender o povo da região com qualidade, fazendo a economia se desenvolver”, declarou o governador. Com investimento de cerca de R$ 4 milhões, as obras de abastecimento vão mudar a vida de pessoas como a dona de casa Maria Santos. ”É uma melhoria muito grande para as famílias que moram na cidade. Água limpa e de qualidade para a gente beber e cozinhar. As pessoas ficavam muito doentes aqui, agora eu tenho muita fé que as coisas vão mudar para muito melhor”. O sistema capta a água na Estação de Tratamento construída na localidade de Ranchinho e a leva por um adutora com 12 mil e 496 metros de extensão. Do empreendimento ainda faz parte uma estação elevatória e mais quatro reservatórios, rede de distribuição e 2.857 ligações domiciliares. O investimento para a restauração da BA 172, autorizada nesta sexta, é de R$ 15 milhões e irá beneficiar mais de 98 mil pessoas que circulam pelos municípios da região. O contrato prevê ainda a manutenção da estrada, por um período de cinco anos, o que assegura mais qualidade e segurança na rodovia.

Juiz do TRF-1 derruba decisão e determina que o passaporte de Lula seja devolvido

/ Justiça

O juiz federal Bruno Apolinário, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), determinou que o passaporte do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja devolvido. A decisão desta sexta-feira (2) derruba a proibição de o petista viajar para o exterior, determinada no dia 25. Com a medida, Lula deixará a lista do Sistema Nacional de Procurados e Impedidos da Polícia Federal. A decisão anterior era do magistrado Ricardo Leite, um dos juízes de primeira instância de Brasília. Ele conduz a investigação sobre suposta prática de tráfico de influência internacional cometida pelo ex-presidente.

Prefeitura de Manoel Vitorino realiza a partir desta sexta a 13ª Edição do Festival do Umbu

/ Entretenimento

Prefeitura de Manoel Vitorino vai realizar mais uma Festa do Umbu, e para se modernizar em seu segmento o nome da famosa Festa do Umbu foi alterado ganhando. Agora, é intitulada Festival do Umbu. Serão três dias de festa 02, 03 e 04 de fevereiro. Neste período, grandes atrações da música baiana estarão se apresentando na Capital do Umbu, como: Trio da Huana, Tierry, Sinho Ferrari, Seu Maxixe, Amigas de Copo, Trem ala, Reféns da Paixão, Fábio Maciel e outros. Essa já é a 13ª Edição da tradicional festa em Manoel Vitorino, entre as atrações, que contará também com desfile da Rainha do Umbu e apresentação da Banda que leva o nome Umbu com Leite. O evento realizado pela Prefeitura Municipal de Manoel Vitorino e Cooproaf, recebe o apoio da primeira-dama Aline Peixoto, da Bahia Tursa, FIDA, Pró Semiárido, CAR, SDR, órgãos do Governo do Estado.

 

Evento Verão Folia, festa de camisa, reúne quatro atrações neste domingo em Irajuba

/ Entretenimento

A cidade de Irajuba sediará, neste domingo (4) o evento denominado Verão Folia, que chega a sua 7ª edição tornando-se uma tradição na região. O evento acontecerá na Rua Antonio Reis, ao lado de uma quadra poliesportiva e contará com quatro atrações para animar a galera. A dupla Naldinho e Léo Rio é a principal atração, além de Gil Barbosa, Bahamas e Pancadeixxon. Um grupo de organizadores, Claudio Teles, Rogério e Peu Lessa assegura que a festa de camisa terá grande público, diante da acentuada procura por ingressos: pista R$ 40,00 e área vip R$ 60,00.

Educação: Fies terá juros zero para estudante com renda familiar de até 3 salários mínimos

/ Educação

Aqueles que desejam ingressar no Ensino Superior neste ano devem ficar atentos às mudanças oferecidas pelo Novo Fies. A partir deste semestre, haverá a oferta de novas vagas com financiamento a juros zero para estudantes com renda familiar mensal de até três salários mínimos. Serão 100 mil vagas para essa categoria. Antes das mudanças, a taxa de juros era de 6,5% ao ano. O ministro da Educação, Mendonça Filho, ressalta que as novas regras devem facilitar o acesso ao ensino superior. ”Nas mudanças introduzidas a gente assegura 300 mil vagas nos três modelos de FIES. O FIES 1, com juros zero para 100 mil contratos. Basta lembrar que o FIES antigo tinha juros de 6,5% ao ano, com o início de pagamento só depois que o estudante tiver renda, ou seja, se ele não tiver renda ele não paga, até quando ele tem um emprego ou uma fonte de renda estável.” O programa também vai oferecer vagas exclusivas para alunos que tenham renda familiar per capita de até cinco salários mínimos e que morem nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Os recursos, segundo o ministro da Educação, virão dos fundos constitucionais regionais. ”O FIES 2 com fonte dos Fundos Constitucionais, com juros na média de 3% ao ano, também metade da taxa de juros praticada pelo FIES antigo e atendendo o Norte, Nordeste e o Centro-Oeste.” Há ainda o financiamento que será realizado com recursos do BNDES e atenderá estudantes de todo o país. As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies, começam em fevereiro. Quem fez uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e tirou nota superior a zero na redação, vai poder concorrer a uma das vagas para o primeiro semestre, entre os dias 19 e 23 de fevereiro. Essas novidades fazem parte do Novo Fies, que foi lançado no final do ano passado. Para mais informações, os interessados devem acessar o site do Fies: fiesselecao.mec.gov.br. Vale lembrar que o endereço não tem cedilha, nem acento.

Vítimas de incêndio na BR-116 sofrem queimaduras e são transferidas de Jequié para Salvador

/ Trânsito

Condutor ficou nas ferragens. Foto: Leitor do Blog Marcos Frahm

A redação do Blog Marcos Frahm foi informada pela Polícia Rodoviária Federal de que o condutor da carreta envolvida no acidente que provocou o incêndio do ônibus na BR-116, na madruga desta sexta-feira (2), sofreu lesões graves ao ficar preso as ferragens do veículo e que três pessoas sofreram queimaduras. O acidente aconteceu por volta da 01h de hoje e, segundo a PRF, o motorista do caminhão, e mais três pessoas, que estavam a bordo do ônibus, foram socorridas com ferimentos por uma equipe de resgate da Concessionária Via-Bahia e encaminhadas ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, com queimadas graves provenientes do incêndio.

Ônibus ficou completamente destruído após incêndio na BR-116

As vítimas foram identificadas como: José Jailson da Silva, de 43 anos, José Wanderlei da Silva, 21, Tiago da Silva Lins Barbosa, 31, com queimaduras graves, e Roberto Souza Fonseca, 31, motorista da carreta, que sofreu fratura grave, mas o quadro é estável e o mesmo permanece na unidade hospitalar. Já os que sofreram queimaduras foram transferidos para Salvador, conforme apurou o BMFrahm. O ônibus, que pegou fogo após o impacto da colisão não fazia linha e ainda não se sabe se seria de uma empresa de turismo. O veículo foi parar num matagal. A PRF segue apurando as causas e o boletim sobre o desastre ainda não foi concluído.

Ônibus pega fogo após batida com carreta e deixa feridos na BR-116, no trecho de Milagres

/ Trânsito

Um ônibus pegou fogo após bater em uma carreta no km-559 da BR-116, na altura da cidade de Milagres, conforme publicação do G1. Quatro pessoas ficaram feridas, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O acidente ocorreu na noite de quinta-feira (1º). A PRF não tem detalhes do que provocou o acidente, nem qual era a origem do ônibus envolvido na batida. Entretanto, informou que, após a colisão, os veículos foram parar em uma área de matagal do acostamento e o ônibus pegou fogo. A polícia também não detalhou quantas pessoas seguiam no ônibus, disse apenas que os ocupantes conseguiram deixar o veículo antes que as chamas se espalhassem. As vítimas foram levadas para o Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, a cerca de 130 quilômetros de Milagres. Não há detalhes do estado de saúde deles.

Criminosos depenam carreta após motorista ser rendido na BR-116, no trecho de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Pneus foram subtraídos da carreta. Foto: Divulgação/Polícia Militar

O motorista de uma carreta foi surpreendido por bandidos enquanto pernoitava no estacionamento de um posto de combustível, Serra do Mutum, na margem da BR-116, no KM 633, trecho do Entroncamento de Jaguaquara, na noite desta quinta-feira (1). Almir Luiz Vieira, que registrou o fato na Delegacia Territorial de Jaguaquara contou em depoimento que foi rendido pelos criminosos, que o fizeram refém, obrigando-lhe a conduzir o veículo de placa PCD-5513 a uma estrada vicinal na margem da Rodovia Santos Dumont, na localidade Mocó, onde o bando depenou a carreta, subtraindo cerca de 34 pneus e fugindo posteriormente do local, deixando a vítima com pés e mãos amarrados. Ao amanhecer, o motorista Almir Luiz conseguiu se desvencilhar e procurou a Polícia Militar, que o orientou a dirigir-se a Delegacia para registrar a ocorrência. Casos semelhantes já ocorreram na região, com bandidos abandonando veículos na mesma estrada vicinal utilizada nesta quinta. Até a publicação desta matéria, a polícia não teria identificado os autores da ação.

Educação: Programa Mais Alfabetização encerra inscrições para os municípios nesta sexta

/ Educação

O Programa Mais Alfabetização, do Ministério da Educação (MEC), recebe até hoje (2) adesões de estados e municípios interessados em fortalecer e apoiar as escolas no processo de alfabetização dos estudantes do primeiro e segundo anos do ensino fundamental. A proposta consiste em reforçar o trabalho do professor com a participação de um assistente, a fim de aprimorar a experiência dos alunos nas áreas de leitura, redação e matemática. Os assistentes serão estudantes de pedagogia e licenciatura. A previsão é que o programa esteja funcionando em março. Para receber o colaborador é necessário que a turma tenha um mínimo de dez alunos. O profissional encaminhado pelo programa permanecerá na classe por cinco horas semanais, nas escolas classificadas como não vulneráveis. Já nas unidades educacionais consideradas vulneráveis, sua carga horária será de dez horas por semana. São consideradas vulneráveis as unidades escolares que apresentam mais da metade dos estudantes regularmente matriculados nos dois primeiros anos do ensino fundamental com desempenho insuficiente em leitura, escrita e matemática, as três áreas avaliadas no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb)/Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), e que manifestam um Índice de Nível Socioeconômico abaixo de médio, conforme a classificação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os auxiliares receberão R$ 150 por mês para cada turma em que atuarem, podendo acumular até oito turmas. Não há vínculo empregatício e os interessados serão submetidos a uma seleção elaborada pelos municípios. O programa se dispõe a refinar as técnicas de alfabetização dos assistentes por meio de oficinas específicas e cursos com o tema de gestão da aprendizagem. Recursos oriundos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) serão utilizados para a aquisição de materiais de consumo e a contratação de serviços, e para gastos com transporte e alimentação dos assistentes de alfabetização. A inscrição é feita no Sistema de Monitoramento Execução e Controle (http://simec.mec.gov.br/). Nessa etapa, serão indicados, pelos secretários municipal, estadual e distrital de educação, as escolas participantes e o coordenador de gestão estratégica do programa, cuja função será acompanhar e monitorar a implantação das atividades na instituição. Com prazo encerrado na próxima sexta-feira (9), a segunda fase compreende a adesão das unidades escolares indicadas pelas secretarias de educação, por meio do PDDE Interativo. O MEC encaminhará ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação a lista das escolas participantes e os valores a elas concedidos. Criado 4 de janeiro pela Portaria MEC nº 4/2018, o Mais Alfabetização dispõe de R$ 523 milhões para sua execução. Desse total, R$ 200 milhões custearão o pagamento dos assistentes. A expectativa do governo é atender a 4,6 milhões de estudantes em 200 mil turmas em todo o país. * Com informações do Ministério da Educação (MEC)

Meio século da Globo

/ Artigos

O deputado mineiro José Maria Alkmin foi advogado de um crime bárbaro. No júri, conseguiu oito anos para o réu. Recorreu. Novo júri, 30 anos. O réu ficou desolado:

– A culpa foi do senhor, dr. Alkmin. Eu pedi para não recorrer. Agora vou passar 30 anos na cadeia.

– Calma, meu filho, não é bem assim. Nada é como a gente pensa da primeira vez. Primeiro, não são 30, são 15. Se você se comportar bem, cumpre só 15. Depois, esses 15 anos são feitos de dias e noites. Quando a gente está dormindo tanto faz estar solto como preso. Então, não são 15 anos, são 7 e meio. E, por último, meu filho, você não vai cumprir esses 7 anos e meio de uma vez só. Vai ser dia a dia, dia a dia. Suavemente.

Eu o relembrei porque nesta semana, a TV Globo comunicou suavemente a saída de uma de suas principais profissionais. Tive a notícia lendo um texto como sempre primoroso do mestre cearense Wilson Ibiapina. Após 48 anos dedicados ao telejornalismo, Alice-Maria decidiu deixar a emissora para se aposentar. Era diretora de desenvolvimento de programas especiais, desde julho de 2009.

Chegou à TV Globo em 1966, como estagiária, no primeiro ano de fundação da empresa. Comandou o jornalismo da Globo por duas décadas, a criação do Jornal Nacional e a implantação da GloboNews. Foi a primeira mulher a ocupar um cargo de direção na Central Globo de Jornalismo.

Alice, parece que foi ontem. Você, Humberto Vieira, Sílvio Júlio e Amaury Monteiro comandando a reportagem, todos fazendo a primeira edição do Jornal Nacional.

Oito horas da noite, Cid Moreira e Hilton Gomes. Alfredo Marsillac na mesa de corte. Um trecho da música The Fuzz, de Frank de Vol, invade os lares. Pela primeira vez, estava entrando no ar o Jornal Nacional. Primeiro de setembro de 1969, uma segunda-feira.

O Marsillac ainda deve ter guardado o script do primeiro JN, que o Armando deu-lhe de presente com o bilhete: “Marsillac… e o Boeing decolou”. O jornal entrando no ar, na cabeça do Armando Nogueira, era que nem um Boeing levantando vôo. Não podia ter erro.

Quando cheguei em 1970, o JN ainda uma criança e todos com a preocupação de mantê-lo com qualidade, num formato que aos poucos foi se definindo. O Telejornalismo brasileiro era outro depois daquele dia. E você foi peça preciosa nessa mudança.

Não esqueço de sua preocupação, orientando editores, repórteres, cinegrafistas. Em tudo tinha seu dedo. A equipe foi crescendo: Sebastião Nery, Castilho, Nilson Viana, Jéferson, Meg, Ronan, Luis Edgar de Andrade, Vera Ferreira, Lucia Abreu, Edinete os irmãos Aníbal e Edson Ribeiro e o baiano Jotair Assad.

Eron Domingues, Sérgio Chapelin, Celso Freitas, Berto Filho, Carlos Campbel, Marcos Hummel. Tereza Walcacer, Henrique Lago, Ricardo Pereira, Pedro Rogério, Antônio Severo, Woile Guimarães, Eurico Andrade, Wianey Pinheiro, Ronald de Carvalho, Toninho Drummond, Carlos Henrique de Almeida Santos, Eduardo Simbalista, Carlos Henrique Schroder, esse mesmo que hoje é o diretor geral da Rede Globo, todos grandes jornalistas que foram aprender com você a fazer televisão.

Citei alguns nomes, mas, na verdade, todos da Central Globo de Jornalismo aprenderam com você. Como a maioria, orgulho-me de ter participado de sua equipe durante 20 anos. Abraço forte do Wilson Ibiapina e da Edilma Neiva, seus alunos, admiradores e amigos.

Por Sebastião Nery

Neto nega conversa com PP na Bahia, mas admite contato com Cacá Leão para ”aliança nacional”

/ Política

ACM ler mensagem na Câmara de Salvador. Foto: Divulgação/CMS

Ao dizer que “não precisa” pedir ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para intermediar uma possível aliança com o PP, o prefeito ACM Neto (DEM) admitiu que mantém conversas com o partido, que integra a base de apoio do governador Rui Costa (PT). No entanto, ele nega que o contato, que inclui o deputado e filho do vice-governador João Leão, trate inicialmente de articulações para a eleição estadual. ”Eu quero repetir o que eu venho dizendo, até porque é a expressão mais fiel da verdade. Não existe nenhuma conversa para eleições na Bahia com o PP, nesse momento. A gente tem conversa com o PP para uma possibilidade de aliança nacional, com Ciro Nogueira, com o próprio Cacá Leão, mas nada que, neste momento, envolva a Bahia. Eu estou muito tranquilo porque, nesse momento, eu tenho que pensar primeiro na decisão que eu vou tomar, de deixar ou não a prefeitura, de ser ou não candidato. Depois daí, caso eu decida ser candidato, é que eu vou procurar os partidos. Então, tudo tem o seu tempo. Não tem porque ter afobamento”, disse Neto, ao ser indagado pelo site Metro1, nesta sexta-feira (2), após a leitura da mensagem do Executivo municipal na abertura dos trabalhos na Câmara de Vereadores de Salvador. Sobre a sua decisão de disputar ou não o Palácio de Ondina, o democrata garantiu que ”tudo vai ser decidido antes do mês de março”.

Base do prefeito de Jaguaquara já se movimenta de olho na presidência da Câmara

/ Jaguaquara

Élio e Raimundo devem travar disputa. Foto: Blog Marcos Frahm

A eleição para a escolha da mesa diretora da Câmara Municipal de Jaguaquara para o biênio 2019/20 ocorrerá somente no fim do ano, no dia 20 de dezembro, mas já existem movimentações internas na tentativa de viabilizar possíveis candidaturas. O atual presidente, Élio Boa Sorte Fernandes (PP), tem se destacado pela forma organizacional de conduzir o parlamento, por promover um alinhamento do Legislativo e Executivo, inclusive com devolução de recursos para obras, mas, apesar de sobressair-se, quando comparadas às gestões que lhe antecederam, no que concerne a organização da Casa, Élio exerce o segundo mandato consecutivo de presidente e, para permanecer na presidência, em uma eventual candidatura, teria que promover alterações no regimento interno e na Lei Orgânica aprovando reeleição e para isso precisaria do apoio da grande maioria dos parlamentares. O Blog Marcos Frahm foi informado que outros nomes representantes da base de sustentação do prefeito Giuliano Martinelli (PP), vereadores: Raimundo Louzado (PR), que já presidiu a Câmara, Nildo Pirôpo (PSB), e Cristiane Pinheiro (PP), esta inclusive prima do prefeito são cogitados para a disputa. Da oposição, que representa a minoria, não se sabe se sairá alguma candidatura. Nos bastidores, a informação é de que, do ponto de vista eleitoral, só terá musculatura o candidato que foi apontado pelo prefeito, que ainda não se posicionou sobre o assunto. Se Martinelli decidir por lavar as mãos, levará vantagem quem souber costurar os acordos, que envolvem outras questões.

Diretor diz que presídio de Jequié segue sem receber presos e comenta interdição da unidade prisional

/ Entrevista

João Henrique comenta a interdição. Foto: Blog Marcos Frahm

O diretor do Conjunto Penal de Jequié, o Capitão PM João Henrique Rebouças da Cruz, comentou em entrevista ao Blog Marcos Frahm sobre a decisão judicial deferida no último dia (24) de janeiro, que determinou a interdição da unidade prisional. O pedido de interdição foi apresentado pela Defensoria Pública da Bahia (DP-BA). O Ministério Público endossou a solicitação do órgão, mas de modo parcial, com permanência apenas do número de condenados dentro da capacidade do presídio e remoção imediata dos presos provisórios para as Cadeias Públicas mais próximas que tenham condições de segurança. Para o diretor, a superlotação do presídio sempre ocorreu e não é uma novidade. ”Superlotação não é novidade nem em Jequié e nem no Brasil. Hoje, 90% das cadeias e dos presídios nacionais estão lotados, o sistema prisional está lotado, apenas os presídios federais e alguns outros possuem vagas. Aqui em Jequié, nós recebemos cerca de 50 presos por semana, mas presos também saem, a rotatividade é muito grande. A decisão aqui  foi exalada pelo juiz da Vara do Júri e Execuções Penais e, a interdição, que é parcial, nos impede de receber novos presos, até que a gente consiga colocar a capacidade do presídio dentro dos limites exigidos pela decisão”, disse. Segundo o diretor, a Secretaria de Segurança Pública do Estado foi informada da situação e medidas estão sendo adotadas pela SSP-BA para buscar uma solução. Ele afirma que, como só há cadeia pública para abrigar os presos na capital, à situação sobre para onde irão os presos provisórios está indefinida. ”Na decisão o juiz determina que os presos provisórios sejam encaminhados para as cadeias públicas e existe uma diferença entre cadeia pública e delegacia. Cadeia pública nós só temos em Salvador. É uma situação que o poder judiciário e a polícia civil estão resolvendo, porque a gente não tem essa autoridade para definir para onde irão os presos”, explicou. O Capitão informou ainda que, a unidade tem capacidade total para 400 presos, mas que está superlotada, abrigando 700 internos, mas que dentro do possível tenta atender as demandas dos internos, conforme exigência dos Direitos Humanos e revelou também que há outros problemas, inclusive relacionados à infraestrutura da unidade e que aos poucos vendo sendo solucionados desde quando ele assumiu o cargo, em agosto de 2017. ”Temos problemas, mas o principal é a superlotação, que não é um problema apenas do sistema prisional, é do judiciário e policial também e que não é simples para se resolver. Além disso, temos problemas com as estruturas e a gente precisa realmente fazer algumas reformas”, concluiu. Na sentença, o juiz da Vara do Júri e Execuções Penais de Jequié, Valnei Mota Alves de Souza, afirma que a ação foi ajuizada após uma reunião em que a Administração Penitenciária se comprometeu a realizar melhorias nas instalações, com prazos para reformas. ”Ocorre que, transcorrido mais de um ano do encontro, o Conjunto Penal não foi objeto de qualquer intervenção do Poder Executivo, demonstrando a falta de compromisso com a melhoria do Conjunto Penal de Jequié”, diz a decisão. A Defensoria, na petição, além de pedir a interdição, requereu a proibição do ingresso de novos presos no local, até que sejam solucionados os problemas estruturais. Segundo a Defensoria, as condições do presidio violam os direitos humanos de todos os custodiados. Outros problemas foram levantados pelo órgão, como falta de médicos e medicamentos no Conjunto Penal e o número insuficiente de agentes penitenciários, entre outros tantos problemas.

A sentença destaca que a Lei de Execuções Penais determina que o condenado será alojado em cela individual, com dormitório, sanitário e lavatório, em condições de salubridade, térmica e adequado à existência humana. ”Passados mais de trinta e quatro anos, verifica-se que os estabelecimentos prisionais do Brasil (de responsabilidade do Poder Executivo) não incorporaram à realidade fática os dispositivos legais, provocando este descompasso insuperável entre norma e atuação do Poder Público”, diz o juízo em outro trecho da decisão. ”A falta de estrutura das unidades prisionais, sempre fundamentada na alegada ausência de recursos, é a única causa de decisões conflitantes entre os próprios dispositivos da LEP. A condição sub-humana em determinados presídios implica em concessão de prisões domiciliares, liberdades ”antecipadas”, saída sem monitoramento, exemplos de situação que não se pode aceitar considerando a própria finalidade da pena estabelecida em lei”, critica, complementado que não há casas de albergados para regime aberto, não há monitoramento suficiente por tornozeleira eletrônica e não há separação eficaz dos presos de acordo com os crimes, idade e regimento de cumprimento de pena, além da separação dos provisórios dos definitivos. O juízo, além de determinar a interdição, obriga o Estado a higienizar todos os módulos prisionais em dez dias e a regularizar o abastecimento de água, avaliar a qualidade da água, limpar a caixa d’água e dar manutenção dos banheiros. Também deverá separar os idosos dos demais presos, os presos provisórios dos condenados, e adquirir tornozeleiras eletrônicas para minimizar a superlotação carcerária. Sobre a segurança, diante da constante entrada de celulares, armas brancas e até arma de fogo, determinou que o Estado construa cercas ao redor do conjunto penal, instale bloqueadores de sinal de celular, instale scanners corporal, câmeras de segurança e que a polícia realize operações mensais para verificar a entrada de materiais ilícitos. O juiz da Vara do Júri e Execuções Penais de Jequié, Valnei Mota, procurado pelo Blog Marcos Frahm, disse que não iria comentar o assunto, pois o processo está em tramitação e que o que ele, o magistrado, teria para revelar, já está explícito na decisão.

Lídice da mata seria indicada de Lula para o Senado na chapa de Rui Costa, e Wagner confirma

/ Entrevista

Lídice é a preferida de Lula para o Senado. Fotos: Blog Marcos Frahm

Uma informação que mexeu com os bastidores da política baiana nesta semana foi a de que a senadora Lídice da Mata (PSB) seria a candidata preferida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a disputa de uma das duas vagas da Bahia abertas este ano no Senado. Pelo menos, é o que afirma Fátima Mendonça, esposa do ex-governador e atual secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner. ”Não foi ninguém que falou, foi o próprio Lula que disse em alto e bom som”, garante Fátima, que tratou do assunto durante o ato Mulheres em Defesa da Democracia, realizado ontem (31), em Lauro de Freitas. Em outros tempos, a afirmação da ex-primeira-dama pareceria óbvia, pois Lídice tem longa jornada política ao lado do PT. Hoje, todavia, soou como contraponto ao cenário desenhado para a composição da chapa eleitoral que será liderada pelo governador Rui Costa, do Partido dos Trabalhadores. Em 2014, para corresponder ao projeto nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Lídice candidatou-se ao Governo do Estado. Enquanto isso, no mesmo ano, legendas como o Partido Progressista (PP) e o Partido Social Democrata (PSD) renovaram o seu casamento político com o PT na Bahia.

Ao BMFrahm, Lídice confirma disputa por vaga na chapa majoritária

Agora, são os favoritos para a indicação de dois dos três nomes que acompanharão Rui Costa na chapa – o vice do petista e o candidato a senador. Nesse cenário, sobraria a segunda vaga para o Senado. Entretanto, além da concorrência dos outros partidos da base do governador, o cálculo eleitoral da senadora Lídice da Mata deve considerar a possibilidade do terceiro posto ter sido reservado a Jaques Wagner, secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, que inclusive reafirmou a importância da candidatura de Lídice ao Senado Federal nas eleições de outubro deste ano. Em entrevista ao site Metro1, durante a abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa (AL-BA) nesta quinta-feira (1º), ele deixou claro que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deseja que ele e a senadora baiana sejam candidatos, o que confirma o discurso da ex-primeira Fátima.”Eu estava com ele e ele disse: meus dois senadores. Mas ele não está impondo nada, até porque ele sabe que o processo aqui será discutido pelo governador Rui Costa”, afirmou. Ainda segundo o petista, a base aliada de Rui estará reforçada para o pleito que se aproxima. ”Insisto que temos um problema bom: são quatro camisas para seis ou sete jogadores. Nem todo mundo vai entrar em campo, mas acho que vamos administrar. Tenho conversado com PP, PSD e PCdoB. Não acho que teremos problema e que ninguém vá sair fora”, declarou. Ao visitar Jequié na segunda-feira (29), durante a inauguração do posto do SAC Lídice foi entrevistada pelo Blog Marcos Frahm e revelou a disputa do PSB por uma das vagas na majoritária. ”Estamos lutando pela integração na chapa, mais não é o momento da definição. Claro que há possibilidade, mas o foco é ajudar o governador Rui Costa a consolidar ainda mais esse projeto que vem dando certo na Bahia e a sua reeleição é o nosso principal objetivo”, disse a senadora.