A Polícia Federal indiciou o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, por falsidade ideológica

/ Política

Ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. Foto: Reprodução

A Polícia Federal indiciou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) por falsidade ideológica. Também foram indiciados o ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto e mais cinco investigados. A Vaccari foram impostos os crimes de falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. A PF atribuiu a quatro alvos lavagem de dinheiro e associação criminosa. Em junho do ano passado, a campanha de Haddad foi alvo da Operação Cifra Oculta, desdobramento da Lava Jato. Na ocasião, os investigadores pediram a condução coercitiva de Haddad. A Justiça negou. Vaccari está preso desde abril de 2015 e condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, a Corte de apelação da Lava Jato. O relatório de indiciamento de Haddad, Vaccari e outros investigados foi enviado na semana passada à Justiça Eleitoral. O inquérito foi aberto em 25 de novembro de 2015 após a delação do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC. O executivo relatou que recebeu um pedido de João Vaccari Neto ‘para pagamento de uma dívida de campanha do então candidato a prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, relativa ao pleito de 2012’. Os valores deveriam ser pagos a uma gráfica pertencente a Chicão. Estadão

Morre aos 90 anos o pai da pré-candidata à Presidência da República, Marina Silva

/ LUTO

Morre o pai de Marina, Pedro Augusto da Silva. Foto: Divulgação

O pai da ex-senadora e pré-candidata à Presidência, Marina Silva (Rede Sustentabilidade), Pedro Augusto da Silva, faleceu aos 90 anos, na noite de domingo, 14, no Hospital do Idoso, em Rio Branco, no Acre. Marina está na cidade, onde acompanhava o estado de saúde do pai. Ele era diabético, fazia hemodiálise e tinha problema cardíaco. Na semana passada, Marina Silva cancelou toda a agenda de compromissos e embarcou na quarta-feira, 10, para o Acre. Marina comunicou a morte em seu perfil nas redes sociais.

Nova ferramenta permite ao usuário cobrar melhor atendimento em serviços públicos

/ Tecnologia

A partir de hoje (15), usuários de serviços públicos poderão cobrar melhor atendimento e apresentar sugestões. Registros de queixas a procedimentos adotados em repartições e falhas nos sistemas do governo poderão ser feitos no formulário online Simplifique!, acessado pelo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal. A ferramenta surgiu por meio de decreto publicado em julho do ano passado, decreto que visa simplificar o atendimento público, eliminando possíveis excessos de burocracia e conferindo mais agilidade e efetividade aos serviços. Caso o cidadão não tenha acesso à internet ou queira fazer o registro pessoalmente, a solicitação ficará a cargo do órgão envolvido em seu caso. Um funcionário ficará responsável por digitalizá-la e lançá-la no Simplifique!. Atalhos posicionados no topo dos sites de cada ministério e autarquias também facilitarão o acesso ao formulário. Leia mais na Agência Brasil.