Ceasa de Jaguaquara registra oscilação na cotação; tomate tem queda após liderar alta

/ Agricultura

Tomate cai após liderar alta. Foto: Blog Marcos Frahm
Tomate cai após liderar alta na Ceasa. Foto: Blog Marcos Frahm

Produto considerado vilão da inflação no mês de janeiro, e carro chefe na comercialização do Mercado Produtor Ceasa de Jaguaquara, um dos principais centros de abastecimento do Estado, o tomate voltou a apresentar variações de preços nas últimas semanas. Em Janeiro, o produto era comercializado a R$ 120,00, a caixa com 24 kg, valor inferior ao verificado na primeira semana de fevereiro, quando o tomate já custava R$ 80,00. Nesta quarta-feira (17/2), o preço já é outro: R$ 35,00, a caixa. De acordo com a gerente da Ceasa, Mara Freitas, após o período de chuvas, agora, a temperatura tem favorecido a produção e a oferta do produto é maior, situação que reflete ao Mercado Produtor, com oscilação no preço e sobra de produtos. Ainda segundo Mara, a oferta vem aumentando significativamente e o preço tende a cair ainda mais. Ela assegura que a baixa nos preços do tomate pode puxar outros produtos, que também deverão apresentar queda.

Os comentários estão fechados.