Agricultura: Preço do tomate mantém alta na Ceasa de Jaguaquara após fortes chuvas no município

/ Agricultura

Tomate mantêm boa média na Ceasa. Foto: Blog Marcos Frahm
Tomate mantêm boa média na Ceasa. Foto: Blog Marcos Frahm

O preço do tomate tem assustado as donas de casa de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, município considerado a Capital do Hortifruti na Bahia. A caixa do produto, com 24 kg, que já chegou a custar cerca de R$ 10,00, mantêm boa média há mais de duas semanas e agora está sendo comercializada a R$ 70,00 no Mercado Produtor Ceasa, uma das principais centrais de abastecimento do Estado. O preço do tomate na Ceasa reflete nas feiras e supermercados, com o kg do produto custando mais de R$ 6,00. Mas enquanto as donas de casa lamentam a alta no preço do principal ingrediente da salada, os hortifrutigranjeiros na Ceasa comemoram. Na semana passada, a caixa do tomate era vendida a R$ 110,00, caindo agora para R$ 70,00, mas o valor ainda é considerado ótimo pelos comerciantes do tomate. Fato é que, a chuva, apesar de comemorada por boa parte dos produtores rurais, prejudica a produção de tomate e a oferta diminui na Ceasa de Jaguaquara. O produtor não consegue atender a demanda durante o período chuvoso quando o preço aumenta significativamente.

Os comentários estão fechados.